Seleções são multadas por ofensas homofóbicas das torcidas

A Fifa condenou o Chile, a Argentina, o Peru, o México e o Uruguai a pagarem multas por canções homofóbicas entoadas por suas torcidas em jogos das Eliminatórias

por Encontro Digital 13/01/2016 13:10

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Rafael Ribeiro/CBF/Divulgação
Segundo a Fifa, durante o jogo entre Brasil e Argentina, pelas Eliminatórias da Rússia 2018, os gritos homofóbicos da torcida argentina gerou multa para os 'hermanos' (foto: Rafael Ribeiro/CBF/Divulgação)
A Fifa acaba de anunciar nesta quarta, dia 13 de janeiro, multas que serão aplicadas às seleções do Chile, da Argentina, do Peru, do México e do Uruguai por causa de canções homofóbicas entoadas por suas torcidas em jogos pelas Eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia. A punição para Argentina e Chile são relativas a jogos contra a seleção brasileira.

A maior punição foi para a seleção chilena: 70 mil francos suíços (cerca de R$ 276 mil). Além de serem punidos pelo jogo contra o Brasil, os chilenos também foram condenados por ações nas partidas contra Peru, Colômbia e Uruguai. As outras seleções vão pagar multa de 20 mil francos suíços cada uma (cerca de R$ 78 mil). Uruguai e Peru foram punidos por ações no jogo contra o Chile e o México por gritos no jogo contra El Salvador.

De acordo com Claudio Sulser, presidente do comitê disciplinar da Fifa, a entidade tem lutado contra a discriminação no futebol por muitos anos e uma forma é por meio de sanções. "Com o novo sistema de monitoramento, a comissão disciplinar tem apoio graças adicionais para os relatórios detalhados fornecidos por observadores antidiscriminação", diz Sulser.

O representante da Fifa complementa que o processo disciplinar não pode mudar o comportamento das pessoas, mas acredita que é papel da entidade "ser pró-ativa em educar e inspirar uma mensagem de igualdade e respeito em todos os níveis do jogo".

(com Portal EBC)

Últimas notícias

Comentários