Tenista francês interrompe partida para ajudar gandula

Tsonga percebeu que a jovem chorava e a ajudou a ser atendida pela organização do Aberto da Austrália

por João Paulo Martins 21/01/2016 10:07

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
YouTube/Reprodução
Logo que percebeu o choro da gandula, Tsonga interrompeu a partida e ajudou a jovem a ir até a organização do evento, para ser atendida (foto: YouTube/Reprodução)
O tenista francês Jo-Wilfried Tsonga, nº 10 do ranking mundial da ATP, ganhou as manchetes dos noticiários na quarta, dia 20 de janeiro, e não foi por causa de suas qualidades como esportista. Durante a partida contra o australiano Omar Jasika, válida pela segunda rodada do Aberto da Austrália, o francês percebeu que uma gandula estava chorando e decidiu ajudá-la.

O gesto nobre e cavalheiro do tenista, de levar a jovem até a organização do evento, para receber os cuidados necessários – ela havia recebido uma bolada na cara –, causou comoção entre os presentes e terminou em aplausos da torcida.

Confira a cena, que mostra como a cordialidade ainda está presente na atualidade:


Após o jogo, durante a coletiva de imprensa, Tsonga chegou a comentar esse gesto de cavalheirismo: "Ela estava aflita. Seus olhos estavam cheios de lágrimas. Portanto, foi natural ajudá-la a sair, e espero que esteja bem".

O tenista francês de 30 anos venceu a partida por 3 sets a 0 (7/5, 6/1 e 6/4).

Últimas notícias

Comentários