Notícias sobre Schumacher 'não são boas', diz Luca di Montezemolo

O ex-presidente da Ferrari, porém, não contou detalhes sobre o estado de saúde o heptacampeão da F1

por João Paulo Martins 04/02/2016 14:58

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Facebook/Michael.R.Schumacher/Reprodução
A família do heptacampeão de F1 Michael Schumacher nunca divulga informações sobre a saúde do ex-piloto (foto: Facebook/Michael.R.Schumacher/Reprodução)
Após sofrer um acidente de esqui na França, em dezembro de 2013, o ex-piloto de Formula 1 e heptacampeão da categoria, Michael Schumacher, de 47 anos, continua recebendo atendimento médico em sua casa na Suíça, mas, segundo o ex-presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, que foi seu chefe por muitos anos, a condição de saúde do atleta não é boa.

"Tenho notícias e, infelizmente, não são boas. A vida é estranha. Ele era um piloto fantástico e só teve um acidente na Ferrari, em 1999", diz Montezemolo, em entrevista à agência de notícias Reuters.

O italiano, porém, não quis dar detalhes sobre o quadro de saúde de Schumacher.

O piloto alemão chegou a ficar em coma por seis meses após o acidente de esqui. Como os ferimentos foram extremamente graves, tanto a família quanto os médicos sempre se mostraram cautelosos acerca do período de recuperação do atleta. Em novembro de 2014, o médico francês Jean-François Payen, que sempre esteve ao lado do piloto, chegou a dizer que Schumacher precisaria de anos para se recuperar.

(com Diário de Notícias)

Últimas notícias

Comentários