Site permite saber que raça de cachorro você é

A página avalia a foto do rosto de uma pessoa e o associa a um cão

por João Paulo Martins 12/02/2016 11:28

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
What-dog.net/Reprodução
O site What-Dog, que é baseado no aplicativo Fetch, usa o reconhecimento dos traços dos rostos de várias raças de cães para associá-los aos humanos (foto: What-dog.net/Reprodução)
Muita gente costuma dizer que os cães estão cada vez mais parecidos com os humanos. Mas, e se fosse o contrário? Pensando nisso, o site What-Dog (Qual o Cão, em tradução livre), que também está disponível como aplicativo da Apple Store, chamado Fetch, possui uma ferramenta que "avalia" o rosto de uma pessoa e diz qual raça de cachorro se parece com ela.

A tecnologia foi criada pela Microsoft e é capaz de analisar traços do rosto humano para, então, associá-los às feições de diversos cachorros, que estão cadastrados num banco de dados. Além da "aparência" canina, o resultado ainda informa ao internauta quais são os aspectos de sua personalidade, levando em conta, claro, o comportamento e temperamento da respectiva raça.

Para conferir o funcionamento dessa curiosa ferramenta, fizemos alguns testes usado imagens de celebridades. Primeiramente, pegamos uma foto do ator americano Johnny Depp, que foi associado à raça setter irlandês, e, segundo o site, possui traços de ansiedade, de teimosia, é amigável e um ótimo parceiro de caminhada.

Já a atriz brasileira Grazi Massafera, em "forma canina" seria da raça dachshund (ou salsicha). De acordo com o What-Dog, ela é muito brincalhona, obstinada e com ótimo "olfato". Por fim, testamos a foto do humorista Marcelo Adnet, que faz o programa Tá no Ar: a TV na TV, da Globo. O marido de Dani Calabresa foi associado ao cão labrador retriever, e tem como características o corpo forte, esperteza e uma pele à "prova d'água".

Veja, abaixo, a análise das fotos dos três artistas:




Crédito das imagens: What-dog.net/Reprodução

Últimas notícias

Comentários