Astronautas da Apollo X teriam ouvido uma 'música' estranha no lado escuro da Lua

O estranho som surgiu quando eles estavam sem comunicação com a Terra

por João Paulo Martins 24/02/2016 15:13

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Jsc.nasa.gov/Reprodução
Os astronautas Eugene Cernan, Tom Stafford e John Young, da missão Apollo X, presenciaram um estranho som enquanto sobrevoavam o lado oculto da Lua em 1969 (foto: Jsc.nasa.gov/Reprodução)
Em maio de 1969, antes da surpreendente caminhada na Lua (que se deu em julho daquele ano), a Nasa enviou a missão Apollo X, com três astronautas a bordo, para orbitar o satélite da Terra e conseguir o máximo de informações possíveis. Quando a nave estava passando pelo chamado "lado escuro" da Lua, um som estranho "invadiu" os rádios-comunicadores dos astronautas, que não esconderam a surpresa. Esse misterioso ruído votlou a ser notícia na internet após o canal de TV a cabo Discovery Science anunciar que vai exibir um documentário com os arquivos inexplicados da Nasa, nos Estados Unidos.

O público poderá ver, no especial de TV, que, durante a "aparição" do som, que se deu justamente no lado da Lua em que todas as comunicações com a Terra ficam interrompidas, os astronautas Eugene Cernan, Tom Stafford e John Young comentam a estranha "interferência" em seus comunicadores. "Essa música parece de outro mundo, não acha? Pode ouvir? É um zumbido", pergunta Cernan, que estava pilotando o módulo lunar na companhia de Stafford, a John Young, que estava no módulo de comando. "Você também ouviu esse som de ruído?", questiona Young. "Sim. Parece, você sabe, com música de outro mundo", diz Cernan.

Em seguida, os três astronautas reconhecem que a experiência foi estranha, e que precisavam discutir o assunto, para saber se deveriam ou não comunicar o incidente ao centro de comando da Nasa, quando a comunicação fosse refeita – ou seja, quando os módulos deixassem o "lado escuro" da Lua. "Precisamos nos debruçar sobre isso. Ninguém vai acreditar na gente", comenta Eugene Cernan, se dirigindo aos colegas.

Vale dizer que até 2008, todas as transcrições dos áudios da missão Apollo X, gravados pela Agência Espacial Norte-Americana, eram considerados secretos e não estavam disponíveis para consulta pública.

Confira, abaixo, o momento em que Cernan, Stafford e Young discutem a "música" que ouvem em seus rádios (em inglês):


Explicação?

Apesar de os astronautas da Apollo X acharem que aquele som estranho poderia ter origem "extraterrestre", o site Space.com explica que não passa de uma simples interferência.

Segundo a página especializada em astronomia, o zumbido se deu graças à intromissão do som dos módulos lunar e de comando com os rádios-comunicadores dos astronautas, que funcionavam, na época, por meio de sinal VHF, de alta frequência (pode chegar a 300 MHz). Essa tecnologia é a mesma usada pelas rádios FM e pelas emissoras de TV de sinal aberto. Quem nunca presenciou interferência enquanto ouvia uma música?

Últimas notícias

Comentários