Jovens alegam ter filhos híbridos com alienígenas

As americanas fazem parte de uma comunidade de mulheres que "se relacionam" com extraterrestres

por João Paulo Martins 21/03/2016 11:22

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
YouTube/Union/Reprodução
Bridget Nielsen, 27 anos, natural do Arizona, nos Estados Unidos, diz ser "mãe" de 10 crianças híbridas geradas pelo relacionamento com alienígenas (foto: YouTube/Union/Reprodução)
Falar sobre discos voadores é sempre um tabu. Quem acredita, costuma ficar empolgado quando surgem novas imagens e notícias sobre óvnis e seres extraterrestres. Já os céticos, continuam aguardando uma prova real da existência de civilizações em outros planetas. Em meio a esse ambiente ambíguo, uma história publicada em janeiro deste ano está causando furor na internet: jovens americanas supostamente teriam gerado filhos híbridos com alienígenas.

Bridget Nielsen, 27 anos, natural de Sedona, no Arizona, e Aluna Verse, 23 anos, de Los Angeles, Califórnia, fazem parte de uma comunidade chamada Hybrid Baby, cujas mulheres acreditam ser responsáveis por inúmeras gestações de crianças híbridas de humanos e extraterrestres. Para se ter uma ideia, Bridget e Aluna alegam que, juntas, são mães de 13 bebês gerados por inseminação artificial ou relações sexuais com os "visitantes" do espaço.

Segundo essa comunidade americana, os alienígenas realizaram uma investigação do DNA de todas as participantes para combinar as "melhores" características das duas raças. Bridget Nielsen conta que centenas de milhares de mulheres em todo o mundo também devem ser mães de híbridos, mesmo que não tenham conhecimento. A artista e ex-executiva da área de marketing revela que os seres só "levam" para suas aeronaves as humanas que "aceitam" ser levadas. Ela conta ainda que é "mãe" de quatro garotos e seis meninas híbridas. "Eles não estão apenas levando nossas crianças. Eles estão criando uma raça híbrida para melhorar a humanidade", diz a jovem em entrevista ao jornal inglês Daily Mail.
YouTube/Union/Reprodução
Segundo as jovens que tiveram filhos "híbridos", as crianças se parecem com humanos, mas teriam fortes traços extraterrestres, como os grandes olhos reptilianos (foto: YouTube/Union/Reprodução)


Apesar de não terem contato com os "filhos", as americanas chegaram a fazer desenhos que revelam a aparência das crianças. As imagens mostram que os híbridos teriam muitos traços humanos, mas guardariam fortes características alienígenas, como os grandes olhos reptilianos.

A designer de jogos Aluna Verse, suposta mãe de três crianças híbridas, conta que sua experiência de concepção foi, de certa forma, "estranha". "Eu estava na sala de aula com meus colegas. De repente, me vi sentada ao lado de uma criatura reptiliana verde. Imediatamente me senti atraída sexualmente pelo ser. Fiquei surpresa por estar fazendo sexo em frente a todo mundo. Certo momento, percebi que todos olhavam para mim. Eles perguntaram se estava tomando meus 'remédios'. Mas, aconteceu de verdade", diz Verse ao Daily Mail.

A comunidade Hybrid Baby teria "mães" de crianças híbridas com idades variadas, de jovens de 19 anos a idosos, acima de 60. Muitas delas alegam ter mais de 10 filhos com seres extraterrestres.

Para as mulheres que não acreditam na possibilidade de gerar crianças "híbridas", Bridget Nielsen revela que algumas situações podem indicar que elas passaram por essa experiência. "Existem sinais que podem ser observados, como, por exemplo, sonhos recorrentes em que se está no consultório médico ou numa sala de aula; momentos esquecidos na memória; e até a gravidez falsa", afirma Nielsen ao periódico inglês.

Últimas notícias

Comentários