Goleiro Adrián deixa a área, dribla todo mundo e faz um gol histórico

O jogador do West Ham provou que pode atuar também no ataque. Assista ao vídeo!

por Vinícius Andrade 31/03/2016 08:23

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
YouTube/Reprodução
Cena inusitada marca jogo comemorativo do West Ham, na Inglaterra, realizado no dia 28: goleiro Adrián (detalhe) deixa o gol para dar uma de atacante e marcar seu tento (foto: YouTube/Reprodução)
O goleiro Adrián, do clube inglês West Ham, conseguiu um feito que até mesmo os "viciados" em videogames sofrem para realizar. O jogador partiu da própria área, passou por todo o time adversário e marcou um gol inusitado. Tudo bem que o jogo era um amistoso festivo em homenagem ao capitão da equipe, Mark Noble, de 28 anos, que durante sua carreira autou apenas pelo clube inglês.

O tributo da segunda-feira, dia 28 de março, foi também uma despedida do estádio Upton Park, localizado em Londres, que a partir da próxima temporada não será mais a casa do West Ham. A equipe passará a atuar no Estádio Olímpico da capital inglesa. Os 35 mil torcedores assistiram a um descontraído duelo entre o atual elenco e ex-jogadores que brilharam pelo clube.

Entre os ilustres convidados, estavam Rio Ferndinand, Craig Bellamy e Dean Ashton. Mas, quem roubou a cena foi o goleiro Adrián, que contou com a ajuda dos companheiros de equipe e do arqueiro adversário para marcar um gol, no mínimo, curioso. O lance já viralizou na internet e "corre" por todo o mundo.

Confira, abaixo, à jogada inusitada:


Brasileiro também tentou

O goleiro Júlio César, que já atuou pela Seleção Brasileira, também tentou uma proeza igual à de Adrián, porém, numa semifinal de Campeonato Carioca. Durante o clássico entre Flamengo e Fluminense, no Maracanã, em 2003, o Tricolor vencia por 4 a 0, quando o ex-goleiro Rubro-Negro saiu driblando todo o time adversário, numa atitude desesperada, mas acabou perdendo a bola perto da área adversária.

Assista à tentativa de Júlio César, de entrar para a história do futebol brasileiro:


Goleiros artilheiros

Quando se fala em "goleiro goleador", logo pensamos no Rogério Ceni, o maior artilheiro do mundo entre os colegas de posição, com 132 gols. Em seguida, aparece o paraguaio Chilavert, que balançou as redes 32 vezes. Completando o top 3 está o colombiano Higuita, autor de 41 tentos, e um dos símbolos da Copa do Mundo de 1990.

Últimas notícias

Comentários