Chupeta: 10 motivos para não usar

Entenda porque esse acessório não é recomendado

por Encontro Digital 11/05/2016 18:13

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pixabay
Segundo o portal Criando Crianças, na hora da amamentação, a criança já satisfaz a necessidade de sucção, sendo dispensada a chupeta, que causa danos futuros ao bebê (foto: Pixabay)
O bebê não precisa de chupeta, ele tem a necessidade de sugar, que é resolvido no momento da amamentação. Segundo o portal Criando Crianças, pode ocorrer do peito estar muito cheio fazendo com que não não se esforce para sugar, matando a fome e não a necessidade de sucção, isso pode levar a criança a chorar ao final da mamada. Neste caso, esvazie um pouco o seio antes de oferecer ao bebê, ele precisará se esforçar e ficará calmo e alimentado.

O Criando Crianças lembra que se você não aguenta a "choradeira" e foi logo oferece a chupeta para o bebê, saiba que está errado. Esse acessório pode acarretar problemas sérios para o resto da vida da criança.

A chupeta só deve ser usada com indicação e acompanhamento de um profissional habilitado para o treino da motricidade oral, nos casos de bebês nascidos com menos de 37 semanas e que apresentem dificuldade para sugar.

Confira os problemas causados pelo uso de chupeta:

  • Provoca o desmame precoce

  • Causa dificuldade para mastigar

  • Causa dificuldade para engolir

  • Provoca flacidez nos músculos da língua, bochecha e lábios

  • É um ótimo local para desenvolver fungos e bactérias

  • Prejudica o desenvolvimento da fala

  • Causa o mal posicionamento dos dentes

  • Causa alterações no palato (céu da boca)

  • Favorece a respiração oral (pela boca)

  • Causa dependência física

Fonte:
Criando Crianças

(com Criando Crianças e Portal EBC)

Últimas notícias

Comentários