Tomar líquido durante a refeição faz mal?

Especialista esclarece esse hábito muito comum entre os brasileiros

por Vinícius Andrade 28/07/2016 08:19

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pixabay
Segundo a gastroenterologista, os líquidos tomados na hora da refeição fazem com que o estômago "expanda" e, assim, acabamos comendo mais do que deveríamos (foto: Pixabay)
Boa parte da população não consegue abandonar o hábito de ingerir líquidos durante as refeições. Mas, de fato, esse ato ajuda a engordar? Se fosse uma questão de múltipla escolha, a resposta seria não. Porém, a prática pode contribuir, de certa forma, para que você ganhe aqueles quilinhos indesejados. Isso porque a bebida estimula as papilas gustativas, abrindo ainda mais seu apetite. Além disso, o excesso de líquido misturado aos alimentos pode dilatar o estômago.

De acordo com a gastroenterologista Maria do Carmo Passos, professora da UFMG, o estômago é "maleável" conforme nossa alimentação. "Se você come pouco, ele se adapta; se você come muito, ele também se adapta", diz a médica.

Portanto, se você cultiva o hábito de beber líquido no almoço, seu estômago se torna mais "elástico" e expande. Desta forma, o cérebro entende que ainda existem espaços vazios a serem preenchidos e você não sente saciedade. O resultado: acaba comendo mais do que o necessário.

Digestão

O principal prejuízo da combinação entre líquido e refeição ocorre na digestão, a começar pela boca. Segundo Maria do Carmo, o pH da saliva é apropriado para quebrar as primeiras estruturas do alimento, mas o líquido altera esse pH, afetando o processo digestivo desde o início. "O líquido é super importante, mas, durante as refeições, devemos tomar o mínimo possível", recomenda a gastroenterologista.

Refrigerante? Não!

Se a água e o suco já não são indicados para acompanhar a refeição, com os refrigerantes os cuidados são maiores, pois os gases dilatam ainda mais o estômago. "Quando a gente se alimenta, pensa na comida sólida. Quando tomo uma bebida gasosa, estou colocando no estômago três estados de alimentos: sólido, líquido e gasoso", explica Maria do Carmo. De acordo com ela, o refrigerante deve ser evitado, principalmente, por quem sofre com refluxo.

Últimas notícias

Comentários