80 anos do pai da Bossa

10/06/2011 17:38

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação
None (foto: Divulgação)

Obsessivo, perfeccionista e mesmo chato. Esses são os adjetivos comumente usados para retratar o genial músico baiano João Gilberto do Prado Pereira de Oliveira, ou como é conhecido, apenas João Gilberto. Nascido em Juazeiro, às margens do rio São Francisco, na Bahia, o compositor foi o responsável pela técnica de tocar no violão uma mistura rítmica da percussão do samba e formas mais simples, tudo de modo sofisticado, que ficou conhecida como bossa nova.

 

Seu primeiro disco Chega de Saudade, cuja música título é de autoria da dupla Tom Jobim e Vinicius de Moraes, lançado no final dos anos 50, foi o instrumento de divulgação do estilo bossa nova no Brasil e no mundo, e faria deste o gênero da música popular brasileira mais influente na cena musical internacional.

 

Mesmo vivendo de modo recluso, em seu apartamento no Leblon, RJ, sem gravar discos há anos e tendo feito sua última apresentação em 2008, João Gilberto prepara uma mini-turnê com cinco ou oito shows, por enquanto nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Porto Alegre e Brasília. Além disso, essa série de apresentações é intitulada 80 Anos. Uma Vida Bossa Nova, que deve resultar na gravação de dois DVD's, algo inédito na carreira de mais de 50 anos do cantor.

 

Os shows de São Paulo e do Rio serão transmitidos para salas de cinema no Brasil e no mundo, e o repertório contará com músicas inéditas e possíveis parcerias, inclusive de cantores internacionais.

 

 

Assista ao clipe Chega de Saudade:

 

 

Últimas notícias

Comentários