Projeto Cinema em Transe

O melhor do cinema nacional em sessões gratuitas no Sesc Palladium

por Da redação com assessorias 26/03/2013 18:31

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação
(foto: Divulgação)
O Cinema em Transe, projeto do Cine Sesc Palladium, chega em abril, para apresentar cinco filmes. A abertura da programação do mês fica por conta do documentário O Rap do Pequeno Príncipe Contra as Almas Sebosas, dos diretores Marcelo Lua e Paulo Caldas.

O objetivo do projeto é apresentar sessões gratuitas de filmes que não estão inseridos no circuito comercial e que exploram novas estéticas cinematográficas.

Programação:

Data: 02/04
Filme: O Rap do Pequeno Príncipe Contra as Almas Sebosas (2000, Marcelo Luna e Paulo Caldas, 75’)
Sinopse: Dois personagens reais, Helinho e Garnizé, formam o eixo do documentário. Helinho, justiceiro, 21 anos, conhecido na comunidade como O Pequeno Príncipe, é acusado de matar 65 bandidos no município de Camaragibe (PE) e em bairros de subúrbio. Garnizé, músico, 26 anos, componente da banda de rap Faces do Subúrbio, militante político e líder comunitário em Camaragibe, usa a cultura para enfrentar a difícil sobrevivência na área. Dois jovens de uma mesma periferia, duas vidas cruzadas pelo mesmo tema: a violência urbana. Classificação: 14 anos.

Data: 9/04
Filme: À Margem do Concreto (2006, Evaldo Morcazel, 88’)
Sinopse: O filme acompanha a rotina da vida em ocupações urbanas, o revezamento na limpeza dos prédios, as dificuldades de administração, o pagamento coletivo das contas de água e luz no fim do mês, a relação de vizinhança em um lugar com pouquíssima privacidade. E também a insegurança e a angústia de quem tem a consciência de estar na ilegalidade e sem moradia. Classificação: livre.

Data: 16/04
Filme: O Prisioneiro da Grade Ferro (2004, Paulo Sacramento, 123’)
Sinopse: O sistema carcerário brasileiro visto de dentro: um ano antes da desativação da Casa de detenção do Carandiru, detentos aprendem a utilizar câmeras de vídeo e documentam o cotidiano do maior presídio da América Latina. Classificação: 16 anos.

Data: 23/04
Filme: Edifício Master (2002, Eduardo Coutinho, 110’)
Sinopse: Durante sete dias, uma equipe de cinema filmou o cotidiano dos moradores do Edifício Master, situado em Copacabana, a uma esquina da praia. O prédio tem 12 andares e 23 apartamentos por andar – são 276 apartamentos conjugados, onde moram cerca de 500 pessoas. Trinta e sete delas contam suas próprias histórias: há os contentes, os iludidos, os desiludidos, os esperançosos, os sinceros, os desamparados, os felizes, os vencedores, os austeros, os doces, os tristes, os desempregados, os honrados, os esquecidos, os talentosos, os estrangeiros, os ressentidos, os enamorados. Edifício Master é um filme de histórias, de vidas. Classificação: livre.

Data: 30/04
Filme: Iracema, uma Transa Amazônica (1975, Jorge Bodansky e Orlando Senna, 95’)
Sinopse: Em contraste com a propaganda oficial da ditadura, uma câmera sensível flagra os problemas que a rodovia Transamazônica traria para a região: desmatamento, queimadas, trabalho escravo, prostituição infantil. Alternando documentário e ficção, o filme narra a história da jovem Iracema e do motorista Tião Brasil Grande, emblemática da realidade brasileira. Classificação: 16 anos.

Onde: Cine Sesc Palladium
Endereço: av. Augusto de Lima 420, Centro, Belo Horizonte
Data: 2 a 30/04
Horário: terças às 20h
Entrada gratuita (retirada de senhas 1h antes da sessão)
Informações: (31) 3279-1500

Últimas notícias

Comentários