Escrituras em Liberdade no Palácio das Artes

por Da redação com assessorias 17/04/2013 11:29

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Clemente Padín/Reprodução
(foto: Clemente Padín/Reprodução)
Influenciados pelos movimentos vanguardistas do início do século XX, diversos artistas hispano-americanos se tornaram expoentes de poesia experimental. Um recorte desses trabalhos pode ser conferido na exposição Escrituras em Liberdade, em cartaz nas Galerias Arlinda Corrêa Lima e Genesco Murta, no Palácio das Artes, em Belo Horizonte.

Realizada pela Fundação Clóvis Salgado e pelo Instituto Cervantes/Embaixada da Espanha no Brasil, a mostra tem curadoria do diretor do Centro de Criação Experimental da Universidade de Castilla-La Mancha (Espanha), Jose Antonio Sarmiento. O título da exposição Escrituras em Liberdade presta uma homenagem ao artista Filippo Marinetti, responsável pela publicação do manifesto futurista em 20 de janeiro de 1909, no jornal parisiense Le Fígaro. No documento, Marinetti anunciava uma nova poesia capaz de captar a vida moderna em toda sua intensidade e dinamismo.

“A exposição pretende aproximar o público, pela primeira vez, às poéticas experimentais que foram desenvolvidas na Espanha e Hispano América ao longo do século XX. É um relato histórico, construído a partir da experiência de cada um dos autores selecionados, que se centram, fundamentalmente, em dois períodos importantes: começo do século e anos sessenta. Foram épocas que revelaram as figuras representativas da poesia experimental que inclusive, são também da literatura e da arte no geral”, comenta José Antonio Sarmiento.

Entre livros, revistas, catálogos, fotografias, poemas e serigrafias, o público fará um percurso que mostra como a chegada das ideias futuristas e dadaístas deu lugar a uma série de movimentos pós-modernos.

Onde: Galeria Arlinda Corrêa Lima e Galeria Genesco Murta (Palácio das Artes)
Endereço: av. Afonso Pena 1537, Centro, Belo Horizonte
Data: até 2/06
Horário: de terça a sábado das 9h30 às 21h; domingo das 16h às 21h
Entrada gratuita
Classificação: livre
Informações: (31) 3236-7400

Últimas notícias

Comentários