Campanha de Popularização responde pelo crescimento do teatro, diz Canguçu

Ator e diretor acha que o festival, que está em sua 40ª edição, trouxe profissionalismo e reconhecimento para os artistas e para os espetáculos

por Marcelo Fraga 17/01/2014 16:37

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Leandro Couri/Divulgação
Ílvio Amaral (esquerda) e Maurício Canguçu protagonizam a premiada peça Acredite, um Espírito Baixou em Mim (foto: Leandro Couri/Divulgação)
Até o dia 2 de março, Belo Horizonte recebe a 40ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança, maior evento do gênero no país. Com diversos espetáculos consagrados, com preços que variam de R$ 5 a R$ 12 – nos postos do Sindicato de Produtores de Artes Cênicas de Minas Gerais (Sinparc) –, a campanha atinge praticamente todos os teatros da capital e também está presente importantes cidades do estado, como Nova Lima, Ipatinga e Juiz de Fora.

Entre os diversos personagens que compõem a história da campanha, destaque para o ator, produtor e diretor Maurício Canguçu, que participa há 25 anos do projeto. Ele lembra o começo difícil e fala do crescimento da campanha, que se tornou programa garantido na agenda dos mineiros: “Em 1989, quando fiz minha estreia na campanha, tudo era complicado. O público era pequeno, a estrutura era precária, havia poucos espetáculos e a imprensa praticamente nos ignorava”.

A história mudou e, hoje, de acordo com o Sinparc, a atual edição conta com 141 espetáculos, sendo 47 estreantes. A entidade espera que a campanha receba um público estimado em mais de 440 mil pessoas, somente em BH.

Além do sucesso de público, Maurício Canguçu diz que a Campanha de Popularização abriu oportunidade para que novos talentos surgissem no teatro mineiro. “Ao longo dos anos, as pessoas descobriram que é possível ser profissional das artes e se sustentar com o que gostam de fazer”, comenta. Canguçu ainda destaca a ajuda do projeto para quebrar preconceitos relativos à profissão de artistas: "os filhos não têm mais receio em dizer aos pais que querem trabalhar com música, dança ou principalmente teatro".

Acredite, um Espírito Baixou em Mim

Entre os espetáculos mais consagrados da campanha está Acredite, um Espírito Baixou em Mim, que tem no elenco os atores Ílvio Amaral e Maurício Canguçu. Em cartaz há 16 anos e com mais de 50 apresentações previstas até o encerramento do festival, a comédia conta a história de um homossexual assumido, inconformado com a própria morte, que foge do céu para viver novas experiências e acaba se incorporando em um machista radical.

Canguçu atribui o sucesso e a longevidade da peça à renovação do texto e do roteiro a cada apresentação. “Como o protagonista é um espírito, temos liberdade para brincar com qualquer assunto. Procuramos sempre levar coisas atuais ao palco, notícias do dia a dia, como o carnaval, agora no início do ano”, explica. Segundo Maurício, isso faz com que as pessoas possam assistir à peça mais de uma vez e mesmo assim sejam surpreendidas.

Clique aqui e confira as informações da peça.

Últimas notícias

Comentários