Alceu Valença e Orquestra Ouro Preto lançam CD e DVD

Resultado da parceria inédita, o recém-lançado álbum Valencianas foi gravado ao vivo no Palácio das Artes, em Belo Horizonte

por Marcelo Fraga 30/08/2014 09:19

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Naty Torres/Divulgação
A inusitada mistura da Orquestra Ouro Preto com as músicas de Alceu Valença conquistaram o público com o espetáculo Valencianas, em 2012 (foto: Naty Torres/Divulgação)
Sucessos do cantor e compositor pernambucano Alceu Valença ganharam o universo da música erudita e estão agora eternizados em um disco, gravado em conjunto com a Orquestra Ouro Preto. O álbum Valencianas tem 14 faixas e traz canções como La Belle de Jour, Tropicana e Anunciação em arranjos especiais, executados pela orquestra e acompanhados por instrumentos como guitarra, sanfona e zabumba.

O projeto nasceu de um antigo desejo pessoal do produtor musical Paulo Rogério Lage, amigo de Alceu Valença, que queria ver a obra do músico transportada para os arranjos de concerto. Lage, que chegou a dirigir o grupo mineiro de dança Corpo, e já foi diretor do Palácio das Artes, apresentou o compositor pernambucano ao maestro Rodrigo Toffolo, da Orquestra Ouro Preto. O encontro, que ocorreu em 2010, durante o festival de inverno da cidade histórica minera, resultou em uma parceria de sucesso. "A sensação de gravar com a orquestra foi maravilhosa. Fiquei encantado desde os primeiros arranjos", diz Alceu Valença.

Para o músico, o rápido entrosamento entre ele e a Orquestra Ouro Preto é atribuído também às raízes nordestinas do arranjador Mateus Freira, que é paraibano. "Assim como eu, Mateus conhece, desde o berço, gêneros como forró, xote e xaxado. Ele realizou os arranjos com excelência", explica. Descontraído, o compositor diz ainda que ao se apresentar junto com a orquestra, sente como se fosse um verdadeiro Villa-Lobos (em referência ao maestro Heitor Villa-Lobos, falecido em 1959 e considerado um dos nomes mais importantes da música erudita brasileira).

O maestro Rodrigo Toffolo, regente da Orquestra Ouro Preto, destaca a importância da convivência entre os músicos comandados por ele e o cantor Alceu Valença: "Passar esse tempo ao lado dele faz com que os componentes da orquestra resgatem um instinto musical brasileiro que jamais pode ser negado, mesmo com todas as teorias que eles precisam estudar, de origens europeias". O maestro ressalta também a boa recepção do público durante as apresentações do projeto Valencianas, que ocorreram em Belo Horizonte, Ouro Preto e no Rio de Janeiro, durante o mês de abril de 2012.

Quem não assistiu às apresentações pode ganhar uma nova oportunidade: Alceu Valença revela que pretende retomar a turnê no próximo ano. Por enquanto, está confirmada, para janeiro de 2015, uma série de cinco apresentações em Portugal.

Uma prévia do disco Valencianas, resultante da parceria entre Alceu Valença e a Orquestra Ouro Preto, está disponível no site oficial da gravadora responsável pelo álbum.

Aproveite e veja também a entrevista concedida pelo músico pernambucano e pelo maestro Rodrigo Toffolo à TV Encontro, em 2012, quando o projeto foi lançado:

Últimas notícias

Comentários