Integrantes do Ballet Jovem não querem fazer parte do Palácio das Artes

Bailarinos reclamam de solução provisória apresentada pela Fundação Clóvis Salgado para manutenção do grupo

07/05/2015 09:42

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
NANDO OLIVEIRA/ESP. EM/D.A PRESS
O imbróglio sobre o futuro do Ballet Jovem do Palácio das Artes continua, e os bailarinos do grupo não querem ser incorporados ao Cefar da Fundação Clóvis Salgado (foto: NANDO OLIVEIRA/ESP. EM/D.A PRESS)
O futuro do Ballet Jovem do Palácio das Artes voltou a ser tema de debates na Comissão de Cultura da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Na quarta-feira, dia 6 de maio, a comissão ouviu Mateus Alves Gomes, representante do grupo de dança. Ele leu uma carta em que integrantes do grupo manifestam decepção com o posicionamento da Fundação Clóvis Salgado (FCS) em relação ao Ballet Jovem.

O bailarino relatou que a proposta de incorporação ao Centro de Formação Artística do Palácio das Artes (Cefar) não contempla as aspirações do grupo, já que o centro não vem funcionando a contento, segundo ele. Além disso, três pessoas que atualmente dirigem o Ballet Jovem não seriam incorporados pelo Cefar, o que, segundo o bailarino, comprometeria o funcionamento do grupo. Os bailarinos querem ser incorporados ao governo de Minas.

O deputado Bosco (PTdoB), presidente da comissão, leu um ofício do presidente da FCS, Augusto Nunes Filho, em resposta à demanda da ALMG. O dirigente afirma que há interesse em institucionalizar o Ballet Jovem por meio do Centro de Formação Artística (Cefar), mas a partir de 2016. Até lá, o grupo deve ser financiado com bolsas do Palácio das Artes.

O parlamentar concorda com o posicionamento de Mateus Gomes e do grupo de bailarinos, e avalia como insuficiente a proposta da FCS. Com isso, Bosco propôs que a comissão se dirija diretamente ao governador Fernando Pimentel. "Não está difícil resolver essa questão. Queremos uma solução pelo menos para este ano, até que ocorra a institucionalização do Ballet Jovem", afirma o deputado.

(com assessoria da ALMG)

Últimas notícias

Comentários