Liv Tyler reclama de 'sexismo' em Hollywood

A atriz está com 38 anos e diz que essa idade já não serve para bons papéis em produções da indústria cinematográfica americana

por João Paulo Martins 25/09/2015 10:18

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Facebook/LivTyler/Reprodução
A atriz americana Liv Tyler é a mais nova voz na 'luta' contra a discriminação por idade que acometeria mulheres que trabalham em Hollywood (foto: Facebook/LivTyler/Reprodução)
A atriz Liv Tyler, conhecida por ser filha do vocalista da banda Aerosmith, Steven Tyler, e por seus papéis em grandes filmes, como O Senhor dos Anéis, Armageddon e Beleza Roubada, entrou para o rol das artistas que criticam a postura "sexista" de Hollywood. Na visão dela, a indústria cinematográfica americana prioriza mulheres mais novas em papéis relevantes.

Com 38 anos, a atriz, que é uma das protagonistas da série The Leftlovers, da HBO, conta que não é mais chamada para papéis importantes em grandes produções, devido à idade. "Não é legal quando você vê que as coisas começam a mudar. Quando se é adolescente ou está na casa dos 20 anos, existem diversos papéis interessantes para se interpretar. Mas, na minha idade, você normalmente é chamada para fazer uma esposa ou namorada de um cidadão de 'segunda linha'. Existem papéis mais interessantes para mulheres que envelhecem", diz Liv Tyler, em entrevista à revista americana More.

Ela se juntou a uma lista de importantes atrizes, como Helen Mirren e Anne Hathaway, que denunciam a discriminação de idade das mulheres em Hollywood. A questão é tão séria que muitas organizações de direitos humanos compraram a "briga". Uma delas, a União das Liberdades Civis da América já começou a agir e acionou o governo federal americano para que analise o sexismo na indústria cinematográfica.

Últimas notícias

Comentários