Katy Perry finge ser 'moça do tempo' para falar sobre aquecimento global

Em vídeo divulgado pelo Unicef, a cantora pop chama a atenção para os problemas gerados pelo aumento da temperatura na Terra

por João Paulo Martins 07/12/2015 11:19

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
YouTube/Unicef/Reprodução
A embaixadora do Unicef Katy Perry participa de vídeo sobre como a mudança climática está causando sérios problemas para as crianças em todo o mundo (foto: YouTube/Unicef/Reprodução)
Quem ouve a cantora Katy Perry, um dos ícones da música pop atual, com sucessos como Dark Horse, Roar e Firework, não imagina que ela seja extremamente engajada pelas causas sociais. A "musa teen" é embaixadora da boa vontade do Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) e acaba de participar de um vídeo em que finge ser uma "garota do tempo" para chamar a atenção para os problemas sociais gerados pelo aquecimento global.

O vídeo divulgado pelo Unicef mostra como os fenômenos climáticos estão afetando a vida de milhões de crianças em todo o mundo. "Eu sou uma garota californiana, e não sou a única a experimentar a seca", diz a cantora na abertura da "previsão do tempo".

Vestindo um terninho vermelho e de forma séria, contrariando sua atuação despojada nos palcos, Katy Perry mostra no vídeo de 60 segundos, problemas como os ciclones tropicais nas Filipinas, que têm causado destruição na região; as enchentes em Bangladesh, que deixam milhões de famílias e crianças desabrigadas; entre outros.

"A previsão é de que as condições vão piorar. Vamos encorajar os líderes globais a tomar uma atitude séria. Compartilhe sua história, de como está ajudando a reduzir a mudança climática com a hashtag #FightUnfair [luta injusta, em tradução livre]. Juntos, nós podemos mudar a previsão para milhões de crianças", diz Katy Perry em comunicado que acompanha o vídeo.

(com The Huffington Post)

Últimas notícias

Comentários