Flor ou hortaliça?

por Simone Dutra 20/10/2011 09:25

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
None

O aspargo é um ingrediente sofisticado, que ganha cada vez mais espaço nas receitas de bons restaurantes. Hortaliça da família das liliáceas – plantas bulbosas com flores –, é produzida no centro-sul e principalmente no extremo sul do Brasil. Além de ser saboroso, é muito nutritivo e indicado para pessoas que fazem dieta por ser pouco calórico. Contém vitaminas do complexo B, betacaroteno (provitamina A), além de minerais como cálcio, ferro e fósforo. Também é fonte de glutationa, um antioxidante com forte atividade anticancerígena. Há séculos é o aspargo, de talos brancos ou verdes, considerado uma iguaria na gastronomia. É uma planta nativa da Europa, na fronteira com a Ásia.

 

Há plantações espalhadas pelo mundo inteiro, por isso é possível degustá-lo durante todo o ano. Pode ser apreciado como aperitivo, compor saladas e também como ingrediente principal em cremes, sopas, recheio de tortas salgadas e até risotos. A parte comestível chama-se turião e se desenvolve a partir da raiz. O caule deve ser cortado à altura do chão, logo que sai da superfície. Quando fresco, ele é tenro, porém, firme, com as pontas fechadas e compactas.

 

Para conservá-lo por dois ou três dias, quando comprados in natura, a dica é colocá-los num saco plástico e guardá-los na gaveta da geladeira. Mas se tiver dificuldade em encontrá-los frescos, existem os industrializados, em conserva. Na hora de comprá-lo, o importante é ter o cuidado para escolher: devem estar com caules firmes e sua cor precisa ser verde e brilhante. Versátil, pode ser utilizado nos mais vários tipos de pratos da cozinha contemporânea.

 

 
 
 
 
 

Últimas notícias

Comentários