Estabelecimento em BH oferece pratos da sous vide

Técnica francesa proporciona o cozimento longo e uniforme para diferentes tipos de alimentos

por Da redação com assessorias 12/05/2014 16:07

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Brasil Gourmet/Divulgação
Sobrecoxa de pato preparada pelo método sous vide (foto: Brasil Gourmet/Divulgação)
Criado na França, nos anos 1970, o sous vide é um método utilizado para preparar porções individuais de carnes, molhos e acompanhamentos, que são acondicionados em embalagens a vácuo e imersos em água a temperaturas que variam entre 40ºC e 90ºC, por um tempo que pode variar de 10 minutos a 72 horas. Segundo os criadores da técnica, trata-se de um "cozimento de precisão", que possibilita aproveitar ao máximo as propriedades dos ingredientes – uma vez que não entram em contato com a água –, além de oferecer praticidade, já que os alimentos, depois de prontos, podem ser congelados e reaquecidos em água morna antes de serem servidos.

De acordo com o chef Fred Rodrigues, do Super Nosso, o sous vide, desde que realizado de forma certa, permite que o alimento seja preservado por até 12 meses, sem perder o sabor e as propriedades nutritivas. Antes de servir, basta aquecer a peça em água morna por cinco minutos, no caso de produto resfriado, ou por quinze minutos, se o alimento estiver congelado. "Devido às baixas temperaturas de cocção e ao armazenamento a vácuo, o alimento mantém todo o frescor de quando foi produzido. Por isso, é uma ótima alternativa para quem aprecia um jantar feito na hora, e nem sempre encontra tempo para prepará-lo", diz.

O supermercado é o primeiro de Belo Horizonte a oferecer alimentos cozidos por meio do sous vide – eles são produzidos pelo Brasil Gourmet, que tem, à frente, o chef francês François Mallard. De acordo com Rodrigues, são 14 opções de produtos, entre carnes (com e sem molho), acompanhamentos e legumes. Entre as opções, a mair procura é para o frango ao molho pesto e a tilápia com alcaparras. "O processo tem o cuidado de preservar a origem do produto, para que o alimento apresente o sabor da gastronomia, e não aquele gosto industrial", explica.

Últimas notícias

Comentários