Chef Leandro Pimenta passa a comandar a cozinha do Casa de Música Gourmet

Ele estava à frente do restaurante The L.A.B., que fechou no início do ano, e foi convidado para a nova casa, que terá o menu totalmente reformulado

por Da redação com assessorias 23/10/2014 14:05

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Paulo Cunha/Outra Visão/Divulgação
A terrine de foie gras com vinho do porto, farofinha de brioche com castanhas e flor de sal é uma das opções do novo menu do Casa de Música Gourmet (foto: Paulo Cunha/Outra Visão/Divulgação)
Novidade no mercado gastronômico de Belo Horizonte: o chef Leandro Pimenta, responsáve pelo The L.A.B. Gastronomia e Consultoria – que também era restaurante, mas fehou no início deste ano –, acaba de assumir a cozinha do Casa de Música Gourmet, que fica no bairro de Lourdes.

"Na minha carreira, assumi como responsabilidade o estudo sobre os ingredientes nacionais e mineiros, bem como a valorização dos pequenos produtores, tão importantes na culinária brasileira", conta o chef Leandro Pimenta, que está finalizando a reformulação do menu do novo restaurante, e que manterá alguns risotos e sobremesas.

Paulo Cunha/Outra Visão/Divulgação
Leandro Pimenta reformulou o menu pensando em produtos típicos: "Assumi como responsabilidade o estudo sobre os ingredientes nacionais e mineiros" (foto: Paulo Cunha/Outra Visão/Divulgação)
Os clientes poderão optar por 11 entradas, 10 pratos principais, 10 risotos, cinco saladas e opções sem carne, além de quatro sobremesas. Um dos destaques do menu é o arroz de pato com pupunha tostada, que é uma homenagem ao estado do Pará, e que contém ingredientes como jambú, castanhas e tucupi.

"O Brasil tem iguarias exóticas e extraordinárias", diz o chef, que também investiu para que as apresentações dos pratos cheguem para encantar os clientes: "O objetivo é proporcionar uma experiência gastronômica completa, que agrade e surpreenda".

Nos dias úteis, além do menu normal, a casa oferece opção de almoço executivo, que muda diariamente, e foi chamado de 'panelinhas brasileiras'. "Para remeter ao comfort food, já que são comidinhas de casa, preparadas minuciosamente com técnicas de vanguarda, com produtos frescos e muitas vezes incomuns, como hortaliças não convencionais, como a beldroega, cançanção, ora-pro-nóbis", explica Leando Pimenta, que já passou por importantes estabelecimentos de BH, como The Art From Mars e Risoteria Sorriso.

Últimas notícias

Comentários