Conhece o Patorroco, que é cozinheiro e jipeiro?

Ele conta que o bar começou como um encontro entre amigos, e, com o tempo, foi crescendo e se tornando um sucesso em BH

30/01/2015 13:54

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Rafael Barbosa/PBH/Divulgação
Marcos Proença, o Patorroco, divide sua paixão pela cozinha com o amor pelos jipes e as aventuras (foto: Rafael Barbosa/PBH/Divulgação)
A capital mineira é reconhecida mundialmente como a capital dos bares e botecos. Um deles, tem cara de quintal de casa e está cheio todos os dias da semana. O lugar é bem peculiar e o nome surgiu do jeito rouco de falar do proprietário: "Minha voz era bem mais grossa e todos me chamavam de 'pato rouco'. O apelido pegou e hoje as pessoas me conhecem assim [Patorroco]", conta Marcos Proença.

O bar Patorroco fica localizado no bairro Prado, região oeste de Belo Horizonte. "Tudo começou com uma porta e o desejo de criar um clube do uísque com alguns amigos, para degustarmos a bebida original, sem adulteração. Como sou cozinheiro, fazia alguns petiscos e, assim, o bar foi tomando uma proporção bem maior. Quando assustei, já tinha aberto três portas", lembra.

Além de saber cozinhar, Patorroco também é conhecido por cumprimentar todos os clientes de mesa em mesa. Além disso, certa vez, chegou a cozinhar no meio do bar, entre os clientes, para que aprendessem algumas receitas. "Era a 'terça com bate-papo na cozinha'. Isso deu tão certo que, depois, algumas pessoas me ligavam para tirar dúvidas de receitas que queriam aprender. Criamos uma relação muito legal com os clientes, que já podem ser considerados parte da família", conta.

Os jipeiros

Marcos Proença é conhecido também por ser amante de aventuras. "Jipeiro em primeiro lugar, cozinheiro nas horas vagas", brinca.  No estabelecimento, há várias fotos das trilhas que já fez com o jipe. Segundo ele, o grupo teve início no bar, onde os integrantes se encontravam para "trocar figurinhas". "A turma do jipe é bem extensa e muito alegre".

Atualmente, Patorroco é presidente do grupo de jipeiros e, por esse motivo, o bar se tornou um ponto de encontro off-road. "Aqui as pessoas se encontram para falar sobre a paixão pelo jipe, marcar encontros e trilhas. Tudo acompanhado de um bom petisco, é claro", completa.

(com assessoria da Belotur)

Últimas notícias

Comentários