Conheça a maqui berry, o superalimento da vez

Pouco conhecida no Brasil, a fruta possui alta quantidade de antioxidante e é excelente para o organismo

por Vinícius Andrade 01/06/2015 16:06

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Howtolivehealthy.org/Reprodução
A maqui berry contém 300% mais antocianinas e 150% mais polifenóis do que qualquer outro alimento ou bebida conhecida (foto: Howtolivehealthy.org/Reprodução)
Quando o assunto é beleza e saúde, os chamados "superalimentos" estão sempre na pauta. Está na hora de conhecer mais um deles, a maqui berry. Típica da região da Patagônia chilena, um dos ecossistemas mais puros do mundo, a fruta milenar é a mais rica em antioxidantes do planeta – ficando à frente da romã e do açaí. Ela é considerada uma planta sagrada pelos mapuche, povo nativo da região e um dos mais longevos da Terra.

A aparência da fruta se assemelha à groselha, mas o sabor é descrito como uma mistura de amora, mirtilo, melancia e açaí. Pesquisas revelam que o extrato do alimento auxilia na prevenção de várias doenças degenerativas dos olhos, promove o crescimento de cabelo e evita o fotoenvelhecimento da pele.

No Brasil, o fruto ainda é pouco conhecido. Ele é mais encontrado na forma de farinha, e, normalmente, é adicionado a sucos, vitaminas e granolas. Também é possível encontrá-lo em cápsulas, que estão disponíveis em sites e lojas de produtos naturais. Segundo a nutricionista Viviane Admus Paixão, membro do Conselho Regional de Nutricionistas de Minas Gerais, a grande quantidade de propriedades antioxidantes da maqui berry tem efeitos benéficos para prevenção contra o câncer e hipertensão arterial.

"Estudos mostram que os efeitos anticancerígenos se devem aos compostos bioativos da maqui berry. Estes, têm o poder de combater, reduzir e também reparar danos resultantes de estresse oxidativo e de inflamação", explica a especialista.

A fruta é muita rica em antocianinas e polifenóis, tipos de antioxidantes capazes de combater os radicais livres e oferecer ações anti-inflamatórias. De acordo com a nutricionista, a maqui contém 300% a mais de antocianinas e 150% mais polifenóis do que qualquer alimento ou bebida conhecida, incluindo o vinho. Pesquisas mostram que essas substâncias também ajudam a controlar o nível de glicose no sangue.

"O consumo dessa fruta pode oferecer benefícios como antienvelhecimento, prevenção do colesterol, aumento da produção de insulina e dos níveis de energia, e auxilia na perda de peso, por meio da estabilização do açúcar no sangue”, informa a nutricionista.

Conforme Viviane, ainda existem poucos estudos sobre a maqui berry em humanos. Para saber a quantidade segura a ser ingerida, deve-se procurar um nutricionista.

Últimas notícias

Comentários