Aprenda cinco receitas "lights" para a festa junina

Com ingredientes menos calóricos, como leite desnatado, adoçante e açúcar mascavo, os doces típicos desta época do ano não vão atrapalhar a dieta de ninguém

por Da redação com assessorias 17/06/2015 15:15

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Aldeiatem.com/Reprodução
Quem não gosta de uma canjica macia com caldo grosso e saboroso? Aprenda a fazer uma versão que cabe em sua dieta! (foto: Aldeiatem.com/Reprodução)


Curau, pé-de-moleque, canjica, quentão, paçoca e outros tantos quitutes típicos de festas juninas fazem sucesso durante os meses de junho e julho e combinam com as temperaturas mais frias. Ao mesmo tempo, eles são uma tentação para quem precisa evitar receitas mais calóricas.

Os pratos juninos são feitos com alimentos ricos em carboidratos, fibras e vitaminas, importantes para a manutenção da saúde como abóbora, amendoim, mandioca e milho verde. Porém, é importante consumir de forma equilibrada e tentar elaborar versões mais "lights" para aproveitar o que cada um deles tem de melhor.

"Para elaborar versões mais leves desses pratos, que preservem sabor e nutrientes, é preciso substituir os ingredientes secundários, ou seja, optar por leite desnatado, adoçante em pó ou açúcar mascavo e ingredientes light ou diet", indica a nutricionista Daísa Pinhal.

Confira abaixo receitas "lights" de cinco doces juninos tradicionais:

Canjica "light"

Ingredientes:
 
  • 500 gramas de milho para canjica
  • 1 e ½  xícara (chá) de leite em pó desnatado
  • 1 e ½  xícara (chá) de água
  • 4 xícaras (chá) de leite desnatado
  • 1 xícara (chá) de adoçante em pó para culinária
  • 1 vidro de leite de coco light
  • 2 paus de canela grandes
  • 5 cravos da índia
  • 1 colher (sopa) de margarina light

Modo de preparo:

Deixe os grãos de molho em água, de véspera. Cozinhe-os em água suficiente, cerca de uma hora e meia a duas horas em panela comum ou de 30 a 45 minutos em panela de pressão, com o cravo e a canela. Bata o leite com o leite em pó, o adoçante e o leite de coco, no liquidificador. Quando os grãos estiverem macios, junte o batido de leite e a margarina e deixe ferver, mexendo de vez em quando para não grudar no fundo. Ferva por cerca de 10 minutos e desligue o fogo. Deixe descansar por uma hora, antes de servir.

Bolo de milho "fit"

Ingredientes:

  • 2 espigas de milho verde in natura
  • 3 ovos
  • 7 colheres (sopa) de fubá
  • 1 xícara (chá) de leite desnatado
  • 1 xícara (chá) de adoçante em pó para culinária
  • ½ xícara (chá) de óleo de canola
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó químico

Modo de preparo:

Bata todos os ingredientes no liquidificador. Despeje em uma forma de 18cm de diâmetro untada e polvilhada com farinha de trigo. Leve para assar em forno médio pré-aquecido à 180ºC por aproximadamente 40 minutos.

Hotelamuarama.com.br/Reprodução
O curau de milho é um dos pratos mais procurados nas festas juninas. Nada melhor, então, do que prepará-lo de forma light (foto: Hotelamuarama.com.br/Reprodução)


Pé-de-moleque "light"

Ingredientes:

  • 1 xícara (chá) de amendoim
  • 3 xícaras (chá) de leite desnatado
  • 1 colher (sopa) de margarina light
  • 1 xícara (chá) de açúcar mascavo
  • 1 colher (chá) de bicarbonato de sódio

Modo de preparo:

Coloque o leite, o açúcar, a manteiga e o bicarbonato de sódio em uma panela grande e leve ao fogo baixo deixando ferver por 1 hora e meia, mexendo direto, até formar uma calda grossa. Nesse meio tempo coloque o amendoim em uma forma e leve ao forno médio por 30 minutos, mexendo direto também, até que esteja torrado e a pele saia com facilidade. Tirar a calda grossa de leite do fogo e bater bem. Quando começar a açucarar, acrescentar o amendoim, misturar e despejar em um mármore untado. Corte pedaços, e antes de separá-los, deixar esfriar.

Curau "leve"

Ingredientes:

  • 10 espigas médias de milho verde
  • 2 litros de leite desnatado
  • 3 xícaras (chá) açúcar
  • 1 pitada de sal
  • Canela em pó a gosto

Modo de preparo:

Limpe as espigas de milho, lave-as e rale com um ralador não muito fino. Com cuidado, raspe os sabugos com a ajuda de uma colher e misture com o milho ralado. Coloque a massa em uma tigela grande e adicione 1 litro de leite. Coe a massa em um pano e aperte bem. Adicione o leite restante, aos poucos; vá apertando a massa com vigor. Se o caldo coado ainda estiver saindo bem amarelo, junte um pouco mais de leite e continue espremendo. Em uma panela grande, despeje o caldo de milho e acrescente o açúcar e o sal. Misture bem e cozinhe por 45 minutos, sem parar de mexer, até que o curau esteja cozido ou com um aroma de milho bem acentuado. Coloque em tigelinhas, polvilhe com canela em pó e sirva quente.

Bolo de abóbora sem glúten e sem açúcar

Ingredientes:

Massa

  • 1 xícara (chá) de abóbora cozida e amassada
  • 1 vidro de leite de coco light
  • 2 xícaras (chá) de farinha de arroz
  • ½  xícara (chá) de adoçante em pó culinário
  • 3 ovos
  • 100 gramas de margarina sem sal
  • 1 pitada de noz-moscada ralada
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó

Cobertura

  • 3 xícaras (chá) de abóbora em cubos
  • 4 colheres (sopa) de coco seco ralado
  • ½  xícara (chá) de adoçante em pó culinário
  • 1 canela em pau
  • 3 cravos da índia

Modo de preparo:

Massa
 
Bata a margarina, as gemas e o adoçante na batedeira. Junte à abóbora cozida e alterne o leite de coco com a farinha. Acrescente as claras batidas em neve, à noz moscada e o fermento em pó. Coloque em uma forma redonda untada e polvilhada com farinha de arroz. Leve ao forno médio (180° C), pré-aquecido por cerca de 30 minutos, até ficar firme e dourado. Desenforme morno.
 
Cobertura
 
Coloque a abóbora, o adoçante e as especiarias em uma panela e leve ao fogo, mexendo até que comece a soltar água. Tampe, abaixe o fogo e deixe cozinhar por cerca de 20 minutos, mexendo até começar a desmanchar. Adicione o coco, deixe mais 5 minutos e retire. Espere amornar e coloque sobre o bolo. Sirva.

Últimas notícias

Comentários