Bar do Júlio cativa clientes no bairro Prado

O estabelecimento é um dos pontos de encontro mais tradicionais de Belo Horizonte

24/08/2015 15:49

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Google Maps/Reprodução
O ponto em que se localiza o Bar do Júlio, na esquina das ruas Turfa e Turquesa, no bairro Prado, em Belo Horizonte, funciona como boteco há 57 anos (foto: Google Maps/Reprodução)
Antonio José Caria, 59 anos, é dono de um dos bares mais tradicionais de Belo Horizonte: o Bar do Júlio. Português de nascimento, chegou ao Brasil com um ano e meio de idade, junto com os pais, que buscavam uma melhor oportunidade de vida por aqui.

A família de imigrantes se instalou no bairro Prado, região oeste de Belo Horizonte. Lá, o pai de Antonio, Julio Caria, resolveu assumir um bar que tinha pertencido a um tio de sua mulher. Era o início da história do Bar do Júlio. "Quando nos mudamos, o Prado tinha poucas casas. O calçamento era de pedra e em frente ao nosso bar tinha até um campinho de futebol", lembra Antonio.

De lá para cá muita coisa mudou. O bairro cresceu e se tornou referência no setor de confecção, mas o popular Bar do Júlio se manteve entre as relíquias do lugar. Há 57 anos o ponto se mantém na equina das ruas Turfa com Turquesa. Famoso pelos petiscos caseiros, como bolinho de bacalhau, língua ao molho de vinho, dobradinha e rabada, o bar guarda muito da alma de seu fundador. "Meu pai era muito carismático, de bom trato, e isso cativava os fregueses", conta Antonio.

O empresário mantém viva a memória do pai e faz questão de relatar o bom relacionamento com os clientes e a comunidade. “Aqui não tem som alto, nem confusão. Tenho muitos clientes que são meus amigos, alguns contemporâneos do meu pai, com mais de 80 anos de idade”, diz.

Casado e pai de dois filhos, "praticamente criados", como define, Antonio se orgulha de conhecer seus clientes pelo nome. "Até hoje mantenho a caderneta para os mais antigos", completa o empresário, que tem apenas um empregado. Ao que parece, mais que os deliciosos quitutes, o respeito, a atenção e a confiança são os principais diferenciais do Bar do Júlio, uma pequena empresa de Belo Horizonte.

(com Agência Sebrae)

Últimas notícias

Comentários