Chefs franceses e mineiros interagem com produtos típicos em fazenda

Segunda edição do evento que promove o encontro entre profissionais da gastronomia foi recheada de sabores típicos do estado e contou com troca de experiências entre os convidados

por Aline Gonçalves com assessorias 28/08/2015 18:31

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Eugênio Gurgel/Encontro
A segunda edição do Encontro Mineiro de Chefs foi realizado em uma fazenda típica de Minas Gerais, e contou com a presença de chefs franceses e de importantes restaurantes de Belo Horizonte (foto: Eugênio Gurgel/Encontro)
"Gostei da cachaça, mas prefiro com limão e gelo", diz o chef francês Serge Chollet, que está à frente do restaurante Moulin de Mougins, em Mougins, na França, ao experimentar, in loco, a "branquinha" famosa nacionalmente. Ele foi um dos convidados da segunda edição do Encontro Mineiro de Chefs, realizado na quinta-feira, dia 27 de agosto. A iniciativa é uma parceria da Revista Encontro com o Festival Cultura e Gastronomia Tiradentes.

Desta vez, o local escolhido para receber os especialistas de Minas e do exterior foi uma fazenda em Paraopeba, região metropolitana de Belo Horizonte, já que a ideia era proporcionar o contato direto com a terra e com produtores. Além de Serge, o chef Emmanuel Ruz, do Lou Fassum, que fica em Grasse (França), também participou do evento. Eles conheceram plantações de banana e quiabo, frequentaram uma horta com folhas mineiras, e se mostram satisfeitos, sobretudo, com o almoço preparado pelos colegas mineiros, que trouxeram pratos como feijão tropeiro, frango com quiabo, carne de sol e salada de jiló.

Na mesa de doces, sabores como quindim, doce de leite e cocada estiveram presentes. "Está tudo magnífico", elogia Emmanuel.

Além de apresentarem delícias típicas à comitiva europeia, os mineiros aproveitaram o encontro para trocarem ideias sobre o setor e discutirem possíveis parcerias. Participaram os chefs Ivo Faria, do Vecchio Sogno; Rodrigo A Fonseca, do Taste Vin; Flávio Trombino, do Xapuri; Hendres Almeida (China), do Gomide; Lucas del Peloso, do Villa Roberti; Clóvis Viana, do Patuscada; Guilherme Melo, do Hermengarda; Leonardo Marques, do Boteco da Carne; Naiara Faria, do La Palma; Marise Rache, do D'Artagnan; o personal cook Éder Almeida; a banqueteira Patrícia Soutto Mayor, do bufê Célia Soutto Mayor; e outros fomentadores do setor.

"Todo mundo junto, reunido, é isso que se precisa. Assim, conseguimos progredir, quando um torce e ajuda o outro", diz Patrícia. "Um encontro como este deveria ocorrer sempre", afirma o chef mineiro China.

Últimas notícias

Comentários