BH perde três estabelecimentos em menos de um mês

Provocateur, CCCP e Casa de Música Gourmet dizem adeus ao mercado da gastronomia e da noite da capital mineira

por João Paulo Martins 14/09/2015 18:21

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Internet/Reprodução
Provocateur, CCCP e Casa de Música Gourmet dão adeus ao mercado de Belo Horizonte neste mês de setembro (foto: Internet/Reprodução)
Em agosto deste ano, Oak Wine Bar e Atlantico fecharam as portas. Antes deles, outras casas importantes também encerraram as atividades em Belo Horizonte: Restaurante Ficus, Don Pasquale, Copa Bistrô, Pizzaria Perfetta, Bar e Restaurante Pletora, Leblon Pizza Bar, Swingers e Galopeira. Agora, em setembro, recebemos a triste notícia de que outros três importantes estabelecimentos de BH dizem adeus ao mercado da gastronomia e da noite: a boate Provocateur, a casa de shows CCCP e o restaurante Casa de Música Gourmet.

Com menos de um ano de atividade na capital mineira, a Provocateur trouxe como diferencial ser uma casa noturna exclusiva, sem venda de ingressos. Ela é uma filial do clube nova-iorquino de mesmo nome, que também está presente em São Paulo. Segundo um dos sócios da casa, Hugo Almeida, além da crise que paira sobre o mercado, o fechamento da boate se deve a uma falta de definição entre os proprietários. "Vamos vender a casa de qualquer forma. Como meus sócios não são da área do entretenimento, eles não têm interesse em continuar nesse seguimento", diz o empresário.

Andre Fossati/Cultclubcinepub.com.br/Reprodução
O Cult Club Cine Pub, ou CCCP, marcou a noite de BH por sua programação cultural, valorizando artistas da cena alternativa (foto: Andre Fossati/Cultclubcinepub.com.br/Reprodução)


A casa noturna, que fica na esquina das avenidas Prudente de Morais e Contorno, deixou de funcionar de forma contínua desde julho deste ano. Segundo Hugo, existe uma "ínfima" possibilidade de a casa continuar com outra proposta, como, por exemplo, se tornar um local destinado exclusivamente a eventos.

Já o Cult Club Cine Pub, ou CCCP (que brinca com a sigla em russo da extinta União Soviética), funciona há três anos em BH, na rua Levindo Lopes, na Savassi, e, segundo nota enviada à imprensa, informa que os sócios perceberam que é hora de "fechar um ciclo" e encerrar as atividades do pub. "O CCCP deixa de existir, mas dá lugar a um novo empreendimento. O último dia de funcionamento será no sábado, 26 de setembro", diz o texto.

O grande diferencial da casa sempre foi a programação cultural, com muitas atrações consideradas alternativas. Agora, o público ficará, de certa forma, um pouco mais órfão, mesmo que por tempo determinado. "Desde que o pub foi aberto, sabíamos que seria algo cíclico. E chegou a hora de dizer até breve. Já estamos com uma nova proposta para o espaço, que logo será divulgada", diz Frederico Garzon, sócio do CCCP.

Facebook/casademusicagourmet/Reprodução
A Casa de Música Gourmet fechou as portas devido a um desentendimento entre os sócios (foto: Facebook/casademusicagourmet/Reprodução)
Restaurante

Também com três anos de atividades na capital mineira, a Casa de Música Gourmet, que fica na rua Curitiba, no tradicional bairro de Lourdes, é especializada em cozinha contemporânea, mas dedicou sua culinária à prática de risotos, que compõem mais de 30 opções do cardápio. Porém, segundo uma publicação na conta oficial do restaurante no Facebook, uma "turbulência" na sociedade fez com que encerrassem as atividades.

"Além da experiência, ficam as boas lembranças no convívio com vocês, nos divertimos bastante. Aproveito ainda para agradecer a minha maravilhosa equipe, que mesmo diante das dificuldades estiveram sempre ao nosso lado", diz o texto da equipe da Casa de Música Gourmet.

Em resposta a um comentário de um frequentador, que se mostrou triste com a notícia, o perfil da casa explica: "O negócio, em si, deu certo. Mas, as escolhas dos sócios tornaram inviável o mesmo".

Últimas notícias

Comentários