Vagens podem saciar tanto quanto a carne, diz estudo

Além da proteína, esses legumes fornecem fibras, que promovem inúmeros benefícios para a saúde e deixam o corpo saciado por um bom tempo

por João Paulo Martins 23/09/2015 14:54

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
WiseGeek/Reprodução
Vagens como a soja, feião e grão de bico, segundo um novo estudo, podem muito bem substituir a carne numa refeição (foto: WiseGeek/Reprodução)
Da próxima vez em que você for criticar um vegetariano dizendo que a refeição sem carne não está completa, pense duas vezes. Um estudo recente mostra que a sensação de saciedade promovida por pratos com carne, em comparação aos que contêm apenas vagens, como a soja, é a mesma.

Pesquisadores da Universidade de Minnesota, nos Estados Unidos, serviram dois pratos distintos para 28 voluntários. Uma refeição era composta por almôndega feita de carne e, a outra, com almôndega à base de soja. Os dois pratos tinham o mesmo peso e a mesma quantidade de calorias e de gordura. Porém, a bolinha de carne continha 26 gramas de proteína e três de fibra, enquanto a almôndega de soja tinha 17 gramas de proteína e 12 de fibra.

Três horas após o consumo das refeições, os participantes reportaram aos pesquisadores o nível de saciedade que estavam sentindo, e foi constatada a paridade entre os grupos. Além disso, quando se alimentaram novamente, todos consumiram a mesma quantidade de calorias.

Apesar de ser um estudo feito com uma pequena quantidade de pessoas, ele ajuda a desbancar a ideia de que vegetarianos não consomem uma quantidade suficiente de proteínas e, por isso, estariam menos nutridos.

É sabido que a proteína ajuda a manter o corpo saciado por mais tempo, além de promover a perda e a manutenção do peso. Mas, as fibras, que são encontradas em grandes quantidades em frutas, vegetais, grãos integrais e legumes, podem oferecer os mesmos benefícios.

Alguns estudos anteriores já haviam demonstrado as vantagens de se seguir uma dieta vegetariana, especialmente no que tange à saúde do coração, da digestão e na prevenção de certos tipos de cânceres.

(com The Huffington Post)

Últimas notícias

Comentários