Será que cabeça de cobra com vagem faz bem para a saúde?

Uma jovem americana encontrou algo bem desagradável ao abrir uma lata de vagens: uma cabeça de cobra decapitada

por João Paulo Martins 22/02/2016 12:14

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Randi Workman/Reprodução
Imagine abrir uma lata de vagens picadas e encontrar uma cabeça de cobra? (foto: Randi Workman/Reprodução)
Parece que encontrar organismos estranhos em alimentos acabou virando "moda". Depois do lagarto e da aranha encontrados vivos em saladas, agora, uma jovem americana, que faz parte de um grupo religioso que estava preparando uma refeição beneficente na cidade de Farmington, no estado de Utah (EUA), encontrou uma cabeça de cobra decapitada dentro de uma lata de vagens.

O incidente gastronômico aconteceu no dia 17 de fevereiro, enquanto eram colocadas vagens picadas dentro de uma panela de cozimento lento. "Parecia mais com uma vagem queimada. Somente quando cheguei mais perto e mexi nela com uma colher, é que vi os olhos. Então, larguei a colher e comecei a gritar", conta Troy Walker, que foi a responsável pela inusitada descoberta, em depoimento ao canal de notícias local KSL News.

A jovem, então, pegou a cabeça decapitada e a lata vazia e levou até o mercado, onde havia sido comprado o produto. "Minha grande preocupação era com as pessoas que poderiam adquirir o 'resto' do animal", diz Walker. Segundo ela, os funcionários da loja pediram desculpas e se prontificaram a devolver o dinheiro gasto com as 30 latas de vagens adquiridas pelo grupo religioso – e que foram jogadas fora após o incidente.

Troy revelou ao KSL News que ficou enjoada o dia todo após ver a cabeça da cobra, e que não conseguiu nem jantar naquela noite. Além disso, ela também enviou a foto do "organismo estranho" à empresa Western Family, fabricante da vagem. "Tudo o que sabemos é que se trata de uma denúncia de material estranho numa lata de vagens", diz Pete Craven, diretor-financeiro da empresa alimentícia, ao canal de notícias de Utah.

A Western Family logo iniciou uma análise do incidente e rastreou a lata adquirda pelo grupo de Troy Walker, para descobrir o lote e, em seguida, retirá-lo de circulação.

Últimas notícias

Comentários