Começou a 3ª edição do festival Botecar

Para os botequeiros, em 2016, são 50 participantes, em vários pontos de Belo Horizonte

por Encontro Digital 06/04/2016 10:53

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Cláudio Cunha/Encontro
Jorge Lage, do Bar do Doca; Romulo Silva (Bolinha), do Bartiquim Gonzaga; Eliza Fonseca, do Bar da Lora; José Rodrigues, do Bar do Zezé, e Nicola Vizioli, do Família Paulista: donos de alguns dos mais tradicionais bares de BH, que participam do Botecar (foto: Cláudio Cunha/Encontro)
Como já diria o jornal americano The New York Times, Belo Horizonte é a capital mundial dos bares. Portanto, nada melhor do que colocar a prosa em dia sentado numa mesa de boteco, não é? Para quem gosta de cerveja gelada, de caipirinha e de um bom tira-gosto, a partir desta quarta, 6 de abril, até o dia 7 de maio, a capital mineira recebe o festival Botecar.

Em 2016, são 50 estabelecimentos participantes, que disputam o voto dos belo-horizontinos para concorrerem a "boteco do ano". Além da escolha popular, que avalia principalmente o tira-gosto, um júri técnico, que tem peso de 50% na nota final,  também ajuda a se eleger um vencedor. "A votação continuará como tem sido, porque agradou. É mais simples, a pessoa vota com a experiência que ela teve no dia, uma nota única", diz Antônio Lúcio Martins, organizador do festival.

Confira, abaixo, os participantes da 3ª edição do Botecar:


Este ano, quatro bares estreiam no festival: Bar do Júlio, Empório Viação Cipó, João da Carne e Baiana do Acarajé. Vale lembrar que a exigência do Botecar para que um estabelecimento seja participante é que o dono esteja "atrás do balcão", ou melhor, seja o responsável por gerir o negócio. Não são aceitas franquias, por exemplo.

Uma boa notícia é que todos os petiscos disponíveis no evento custam menos de R$ 35.

A expectativa dos organizadores é que, este ano, haja um aumento de 10% de público, em comparação ao ano passado – em 2015, 500 mil pessoas circularam pelos estabelecimentos participantes. "O que queremos é que as pessoas tenham acesso ao verdadeiro tira-gosto de raiz do boteco. E que se deliciem com eles", comenta Antônio Lúcio.

Acesse a versão digital do guia de estabelecimentos e conheça todos os petiscos participantes do Botecar 2016:

Últimas notícias

Comentários