Goji berry: será que a fruta ajuda quem quer emagrecer?

Especialista fala sobre as qualidades da frutinha asiática que é considerada um superalimento

por Da redação com assessorias 05/05/2016 09:04

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pixabay
Segundo a nutricionista, a goji berry é rica em proteína, cálcio, magnésio, selênio, ferro, vitamina C, fitoesterol e antioxidantes (foto: Pixabay)
Originária do Tibet e muito usada em culturas milenares como a China, o goji berry (Lycium barbarum) tem se popularizado em regiões como Europa, Estados Unidos e Brasil, graças ao seus possíveis efeitos benéficos para a saúde. Já bastante conhecida por aqui, o seu consumido tem sido associado principalmente ao emagrecimento, em especial à manutenção de dietas. Mas, será que ela tem, realmente, propriedades nutricionais tão benéficas?

Um dos fatores que mais chamam a atenção para o fruto é seu alto valor nutritivo, de acordo com a nutricionista Sinara Menezes, da Nature Center, de São Paulo. "O goji berry é considerado um alimento único pois além do alto valor proteico [de até 15%] possui cálcio, magnésio, selênio, ferro e vitamina C em quantidades muito superior à frutas nacionais. Também é uma rica fonte de antioxidantes", revela a especialista.

A fama de superalimente não foi atribuída à toa: para se ter uma ideia, uma única colher de goji berry é capaz de oferecer muito mais vitamina C do que um copo de suco de laranja. Da mesma forma, possui muito mais betacaroteno do que a cenoura, o que pode ser mais eficaz na hora de garantir a saúde da pele e a manutenção do bronzeado.

Mas, o fato que realmente chama atenção é sua alta concentração de beta-sitosterol, mais do que o abacate. O que essa substancia faz? É capaz de favorecer a saúde cardíaca graças à capacidade de regular o colesterol, reduzindo os níveis do LDL (considerado ruim) e aumentando o HDL (colesterol bom). Também está associado à prevenção de diversas doenças crônicas, graças ao fortalecimento do sistema imunológico. "Esse fitoesterol está relacionado ao controle do cortisol, hormônio responsável, entre outras coisas, pelo ganho de peso e acúmulo de gorduras no abdômen", explica Sinara Menezes.

Ajuda a emagrecer?

De acordo com a nutricionista, nenhum alimento isolado é capaz de fazer milagres. Porém, a inclusão de goji berry em uma dieta equilibrada, pode favorecer a perda de gordura, graças ao aumento de processos metabólicos, da oxidação das gorduras e do controle do colesterol. "Esse fruto é uma das mais concentradas fontes de vitamina C, e estudos indicam que pessoas com uma dieta rica desse nutriente têm a capacidade de queima de gordura até 30% maior em comparação aos que apresentam deficiência dessa vitamina. Além disso, a presença do beta-sitosterol favorece a manutenção do peso de duas formas: primeiro ao inibir a produção de cortisol, responsável pelo acúmulo de gordura visceral [na barriga], e depois, por consequência, o organismo é capaz de aumentar a produção do GH [hormônio do crescimento], que também beneficia a lipólise [queima de gordura] e a manutenção da massa muscular", esclarece Sinara Menezes.

Como incluir na dieta

Alguns cuidados devem ser tomados ao incluí-lo na alimentação. De acordo com a nutricionista, o mais importante é que o alimento seja um complemento à dieta, pois isoladamente, não surtirá os efeitos desejados: "Não adianta se entupir de doces ou alimentos gordurosos e acreditar que o goji berry vai dar conta do recado. Ele é de fato um superalimento, mas a alimentação balanceada é fundamental para os benefícios sejam conquistados".

A oferta do produto in natura ainda é escassa no país, mas é possível encontrá-lo nas mais diversas formas. "O uso do fruto desidratado é o mais recomendado devido ao seu maior valor nutritivo, pode facilmente ser incluído no preparo de sucos, nas saladas, juntamente com iogurte ou frutas ou até mesmo ser consumido puro. Uma colher por dia já é o suficiente para o aporte nutricional adequado. Mas também é possível encontrar o Goji em cápsulas e na forma de suplementos instantâneos para preparo de bebidas. Uma dica valiosa é dar preferência pelo fruto sem açúcar, independente da forma escolhida", explica a especialista.

Últimas notícias

Comentários