Leonardo Paixão: Melhor Chef da Encontro Gastrô pelo terceiro ano

O 'comandante' da cozinha do restaurante Glouton vem desbancando grandes nomes da gastronomia mineira

por Encontro Digital 24/08/2016 17:31

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Alexandre Rezende/Encontro
O chef Leonardo Paixão, do restaurante Glouton, de belo Horizonte, conquistou o título de Melhor Chef da Encontro Gastrô pelo terceiro ano consecutivo (foto: Alexandre Rezende/Encontro)
Um dos nomes de destaque da premiação Encontro Gastrô – O Melhor da Cidade, cuja festa de divulgação dos resultados foi realizada na noite de terça, dia 23 de agosto, é o "ex-médico" e chef mineiro Leonardo Paixão, de 35 anos. Ele conquistou, pelo terceiro ano consecutivo, o título de Melhor Chef desta que é a principal eleição e revista de gastronomia de Minas Gerais.

Léo Paixão, como é conhecido, apareceu pela primeira vez na Encontro Gastrô já em posição de destaque: venceu como Melhor Chef Revelação em 2013. O sucesso, claro, não veio do nada. Além de ser formado em cozinha francesa, ele estagiou com renomados profissionais, como o francês Joël Robuchon (que foi mestre de Gordon Ramsay) e o mineiro Rodrigo Fonseca, do premiado restaurante Taste-Vin.

"Estou muito feliz com esse reconhecimento tão rápido. As pessoas podem achar que é de graça, mas sei que é fruto de trabalho", diz Leonardo Paixão, que abriu o restaurante Glouton, no bairro de Lourdes, em Belo Horizonte, em 2013 e, hoje, comanda uma equipe de 30 pessoas.

Aliás, o estabelecimento especializado em cozinha contemporânea venceu como Melhor Restaurante Revelação em 2013 e como Melhor Cozinha Contemporânea em 2014 pela Encontro Gastrô.

Últimas notícias

Comentários