O novo Fusca

por Fábio Doyle 19/10/2011 10:29

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação
As vendas do novo carro da Volks começam em dezembro. O Up! estreará uma nova geração de motores 1.0 (foto: Divulgação)

Não há alternativa: o futuro é dos carros compactos, seja com acabamento básico ou de luxo. Basta ver onde investem as montadoras. Nos últimos tempos, testemunhamos o surgimento e crescimento do Fiat 500, do Mercedes-Benz Smart, do BMW Mini, do Kia Picanto. Agora é a vez da Volkswagen, que reservou como seu destaque para o Salão Internacional do Automóvel de Frankfurt deste ano um carro que é pequeno e sintético em tudo. Até no nome: Up!

 

As vendas começam em dezembro. Primeiro na Europa, onde substituirá o Fox importado do Brasil. Com o Up!, a VW estreará uma nova geração de motores 1.0 a gasolina com 60 cv e 75 cv. Posteriormente, a empresa planeja lançar uma opção com motor movido a GNV, gás natural veicular, de 68 cv, além de planos na oferta de uma opção elétrica.

 

Serão três versões de acabamento: a de entrada Take Up!, a intermediária Move Up! e a High Up!, top de linha. Na ocasião do lançamento, serão apresentadas mais duas versões especiais, Up! black e Up! white.

 

O carrinho mede 3,54 m de comprimento por 1,64 m de largura e 1,48 m de altura com entre-eixos de 2,42 metros e porta-malas de 251 litros. Como diferencial, o modelo terá como itens de série o sistema de frenagem de emergência, ativado em velocidades inferiores a 30 km/h, que por meio de sensores avalia o risco de colisão e ativa os freios automaticamente, e dispositivo stop/start.

 

Com o Up!, a Volkswagen quer também “redefinir os parâmetros de personalização” dos carros compactos. Isto significa oferta de novos recursos, como compartimentos para acomodar compras, para longas viagens ou para crianças a bordo e sistema de informação e entretenimento, no qual os proprietários poderão adaptar seus perfis por meio de aplicativos.

 

O Up! estreia uma nova geração de motores a gasolina com três cilindros, com potências de 60 cv e 75 cv. Na versão BlueMotion Technology (inclui o sistema de partida Start/Stop), o consumo combinado (cidade e estrada) é de 23,8 km/l (motor de 60 cv) e 23,2 km/l (75 cv). Ambos os motores têm 1,0 litro e emitem menos de 100 g de CO2 por quilômetro rodado (ciclo europeu). Um motor movido a gás natural gera 58 cv com a mesma configuração básica dos demais motores da linha. Esta configuração apresenta um consumo combinado de 31,2 km por quilograma de gás natural e um valor equivalente a 86 g/km de CO2. Na versão BlueMotion Technology movida a gás natural, a emissão de CO2 é ainda menor: 79 g/km. Há também planos definitivos para um Up! com propulsão elétrica para 2013.

 

 
 

 

Graças à distância entre-eixos e motor instalado sobre o eixo das rodas dianteiras, o Up! oferece um dos maiores espaços internos deste segmento. Motorista, passageiro frontal e os dois passageiros traseiros viajam com conforto no modelo, contrariando o que ocorre em modelos compactos. Outra diferença: o porta-malas de 251 litros é significativamente maior do que costumam acomodar os veículos compactos. Com os bancos traseiros totalmente rebatidos, o espaço de carga cresce para 951 litros.

 

As apostas são de que o Up! será o Fusca do futuro, e parece certo que ele será a base mercadológica mundial da montadora de agora em diante. O carro será produzido na Eslováquia e chegará em dezembro no mercado europeu por € 9,8 mil (R$ 23,5 mil), equipado com freios ABS e suspensão inteligente do tipo ESP. E em 2013 também ganhará uma versão elétrica.

 

A Volkswagen vai produzir o Up! também no Brasil em uma nova fábrica dedicada ao novo modelo. Para isso, a montadora contratou empresa de consultoria que percorre o país e conversa com os governos estaduais para a escolha da melhor localização. Minas Gerais está no páreo.

Últimas notícias

Comentários