Coluna de Direção

por Fábio Doyle 01/03/2012 11:39

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação
None (foto: Divulgação)

Melhor de Detroit

 

A nova geração do Ford Fusion (foto) fez sua estreia mundial no mês passado, nos Estados Unidos, e já conquistou dois prêmios. Foi eleito o melhor carro do Salão de Detroit pelo corpo editorial da Autoweek e venceu também o EyesOn Design, prêmio de estilo concedido pelo Instituto de Oftalmologia de Detroit. A escolha da Autoweek teve como base uma pergunta: de que carro as pessoas vão se lembrar mais daqui a cinco anos? Segundo a publicação, é muito raro um sedã ser eleito o melhor do salão. Baseado no conceito Evos, o Fusion representa a nova geração de design da Ford. Dispõe das opções híbrida e híbrida “plug-in”, dois motores EcoBoost de quatro cilindros e um motor naturalmente aspirado de quatro cilindros, além de sistema automático “start-stop”, que desliga o motor em ponto morto, versões com tração dianteira ou integral, e a opção de transmissão automática ou manual de seis velocidades.

 

Japoneses

 

A Toyota, que mantém atualmente três fábricas na América do Sul (Brasil, Argentina e Venezuela) e constrói mais uma planta brasileira em Sorocaba (SP), de acordo com as projeções da Autofacts, chegaria a 2016 como sétima maior fabricante da região, com produção que saltaria de 175 mil em 2012 para 266,3 mil em 2016. Logo atrás, em oitavo, viria a produção das duas fábricas da Honda (Brasil e Argentina), que passaria de 185,3 mil em 2012 para 255,6 mil em 2016. Com produção somente no Brasil, Mitsubishi e Hyundai trocariam de posição no pé da lista dos 10 maiores fabricantes na América do Sul. A Mitsubishi, com sua fábrica de Catalão (GO), desceria do nono posto em 2012 (53 mil unidades produzidas) para o décimo em 2016 (124,8 mil). Já a Hyundai subiria à nona colocação, saindo de 44,1 mil veículos produzidos este ano na planta do Grupo Caoa, em Anápolis (GO), para 139,9 mil em 2016, somando a produção da nova unidade de Piracicaba (SP), que entra em operação em 2013, no que será o maior crescimento porcentual da tabela (217%).

 

 

 

Prêmio em Detroit



Início de ano é também época de premiações. O Hyundai Elantra (foto) e o Land Rover Range Rover Evoque (foto) foram escolhidos como Carro e SUV do Ano de 2012, respectivamente, na América do Norte, por um painel de jornalistas automotivos. O resultado foi divulgado em janeiro, no primeiro dia de imprensa da edição 2012 do Salão do Automóvel de Detroit. O Ford Focus e o Volkswagen Passat foram finalistas da edição 2012 do North American Car of the Year, enquanto o BMW X3 e Honda CR-V foram finalistas na categoria “Truck” (que engloba utilitários esportivos – SUVs – e caminhonetes). Os prêmios são julgados por 50 jornalistas automotivos dos Estados Unidos e Canadá, representantes de revistas, jornais, websites, TV e rádio. Os valores considerados no julgamento incluem inovação, design, segurança, dirigibilidade, satisfação do motorista e relação custo benefício.

 

Fiat antenada

 

Início de ano é também época de vendas baixas. É hora de tomar fôlego depois do consumo exacerbado de Natal e pagar IPVA e IPTU. Nos registros de emplacamentos da primeira quinzena de janeiro, a Fiat, líder de vendas há muito tempo, caiu para terceiro lugar, atrás da Volkswagen e General Motors. Ainda é cedo para concluir que a marca italiana perdeu a liderança. Os 15 primeiros dias de janeiro representam uma amostra pouco significativa. É preciso lembrar que fatores como férias coletivas, por exemplo, afetam de diferentes maneiras cada montadora. A briga será ferrenha em 2012, a GM parece ter finalmente acordado para o mercado brasileiro e melhorou sua gama de produtos; Volkswagen e Ford, idem. Quem vai ganhar são os consumidores, com carros melhores e a preços mais competitivos. É esse o resultado da livre concorrência.

 

 

 


Mais amigável

 

Roadster de motor central ganha novo estilo, mais potência e interior redesenhado.
O Porsche Boxster (foto) chega à sua mais nova geração. As mudanças, as mais abrangentes da história do modelo lançado em 1996, deram ao roadster motores mais potentes e econômicos, novo estilo e mudanças significativas no interior. Lançada nas versões Boxster e Boxster S, a nova geração começará a ser produzida em junho e chegará ao Brasil no segundo semestre de 2012. A carroceria de baixo peso é completamente nova e o chassi foi totalmente renovado. Menos peso, maior distância entre-eixos, bitola mais larga e rodas maiores melhoraram a dinâmica de direção do carro. A nova direção eletromecânica aprimora ainda mais o conjunto. Os novos Boxster têm desempenho superior e apresentam diminuição de até 15% no consumo de combustível. Dependendo da versão, pode chegar a 12,5 km/l. As duas versões contam com motor de 6 cilindros (horizontais opostos) com injeção direta de gasolina. O motor do Boxster básico, com 2,7 litros (0,2 litro a menos que na geração anterior), proporciona 265 cv de potência (10 cv a mais do que seu antecessor). Tecnologicamente, ele agora se baseia no motor de 3,4 litros do Boxster S, que desenvolve 315 cv de potência, 5 cv a mais do que seu precursor. O câmbio manual de 6 marchas é equipamento de série, enquanto o PDK de 7 marchas é oferecido como opcional. O melhor consumo de combustível e aceleração ocorre com o PDK: 12,9 km/l para o Porsche Boxster e de 12,5 km/l para o Porsche Boxster S. O Boxster vai de 0 a 100 km/h em 5,7 segundos, e o Boxster S, em 5,0 segundos. Os preços dos novos Boxster para o mercado brasileiro serão definidos apenas na época de seu lançamento no país.

 

 

 

Os primeiros

 

A concessionária Banzai Honda de Belo Horizonte recebeu as duas primeiras unidades do novo Honda Civic 2012. Em sua nona geração, o novo Civic passou por alterações em design, tecnologia e tamanho (o porta-malas muito limitado, tendão de aquiles da versão anterior, agora tem espaço condizente com um sedã médio/compacto). Os desastres da natureza ocorridos no Japão e Tailândia no ano passado afetaram a entrega de componentes e atrasaram o lançamento do novo Civic, que agora tem produção normalizada e já está disponível no mercado.

 

 

 

Filial

 

De olho no crescente potencial de compra da classe C, a concessionária Fiat Automax, que já era muito grande, com a sede na avenida Raja Gabaglia, está agora ainda maior com o início das operações de sua nova loja na Via Expressa.

Últimas notícias

Comentários