Prepare-se para o novo

por André Lamounier 09/05/2012 13:05

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Como sabem os melhores atletas – e as empresas também já descobriram –, a evolução só acontece quando se desafia recordes anteriores. Foi isso o que fez Encontro, ao ser lançada no primeiro semestre de 2002, e continuará fazendo na próxima década. Em abril deste ano, a revista passou por um momento novo e transformador: uniu-se ao Estado de Minas, mais importante periódico do estado, passando a fazer parte do grupo Diários Associados, maior grupo de comunicação de Minas e um dos maiores do Brasil.

 

A mudança não será apenas no âmbito jurídico. Uma série de novidades está sendo preparada para você, leitor. Com a nova sociedade, Encontro ganhará o reforço de um time de jornalistas estrelados, que passarão a colaborar com a revista, além de contornos novos em seu projeto gráfico, a fim de modernizar-se visualmente. A partir de junho, você conhecerá uma nova publicação, mas com a mesma qualidade e "pegada" da Encontro atual. Para começo de conversa, vamos crescer em tiragem e, consequentemente, em audiência: Encontro passará a abrigar parte dos assinantes do Estado de Minas que hoje não recebem a revista.

 

Nesta edição que você está lendo, já existem novidades. Uma coluna de política, economia e sociedade denominada Alta Roda (pág. 8) é assinada pela experiente e séria jornalista Bertha Maakaroun. Para escrever o artigo que fecha nossa revista, convidamos o bem-humorado – e celebrado – escritor Eduardo Almeida Reis, que retorna a Encontro depois de seis anos, em substituição a Cris Guerra, que nos deixa para assumir novos desafios profissionais. 

 

Alguns propósitos bastante claros nortearam a criação de Encontro, exatamente 10 anos atrás. Nós, da Editora Encontro, desejávamos uma revista que, com excelência, inteligência e credibilidade, refletisse e analisasse as transformações sociais e culturais na capital e no estado. Queríamos também que esse veículo fosse indutor do crescimento e defensor de Minas e dos mineiros. Assim, Encontro foi lançada e assim é hoje.

 

O mundo mudou. O Brasil também. A revista acompanhou esses movimentos e se renovou várias vezes. Mas jamais perdeu de vista valores fundamentais. Ao contrário, reforçou suas crenças, notadamente a do incansável exercício do bom e correto jornalismo. A conjunção desses fatores – a capacidade de renovar e a firmeza de princípios editoriais – garantiu nosso sucesso e nossa perenidade até aqui. De agora em diante, com nova estrutura societária, aliada à informação de qualidade e a uma conduta comercial ética, Encontro pretende continuar servindo os mineiros de hoje e de amanhã.

Últimas notícias

Comentários