Muito além do guarda-roupa

por Guilherme Torres 18/07/2012 13:52

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação
None (foto: Divulgação)
 

 

Morar com grife. A ideia tem conquistado os amantes da decoração que querem trazer para o lar a mesma personalidade que levam para o armário. Na Europa, gigantes da moda como Giorgio Armani, Diesel, Fendi, Hermès, Versace, entre outras, já fazem sucesso nesse intercâmbio de produtos que traduz o olhar sobre os dois universos – moda e design. Na maioria dos casos, os fashionistas de talento reconhecido são convidados por empresas do setor mobiliário e de objetos para dar roupagem aos seus produtos. A parceria quase sempre termina em itens personalizados e bonitos.

 

Outros estilistas que gostam de “brincar de casinha” viram nisso nova oportunidade de alavancar suas marcas e desenvolvem sua própria linha de produtos para a casa, a linha home, com tecidos para estofados, roupas de cama, objetos de design e até móveis, dividindo espaço nos showrooms com as coleções atuais de vestuário.

 

Em sua 18ª edição, o maior evento de arquitetura e decoração das Américas e o segundo maior do mundo, a Casa Cor endossa essa ideia e traz este ano o tema “Leve seu estilo para sua casa”, apresentando o universo fashion que se faz cada vez mais presente nos projetos de decoração.

 

São estampas, materiais, texturas e cores, referências para os estilistas e que estão sendo rapidamente absorvidos e ganhando novas interpretações nos projetos de arquitetura, design de interiores e nos itens de construção. “A decoração tem um longo caminho a percorrer, que a moda já percorreu, mas a interação entre esses dois mundos está cada vez maior, com trabalhos de estilistas que vão além da estamparia convencional”, diz o organizador da Casa Cor Minas Gerais 2012, João Grillo.

 

Por aqui, um bom exemplo de sucesso nas passarelas e em casa é o estilista Ronaldo Fraga. Desde que experimentou o mundo da decoração, ele não parou mais. Só para a rede Tok&Stok está preparando a quarta coleção com foco em cama e mesa. Ele também já assinou e criou lustres para a Dominici, objetos para a D’Pot e roupagem para eletrodomésticos da Brastemp. “Casa e moda estão de braços dados – uma veste o corpo; a outra veste a casa. Ambas, para serem interessantes, precisam ter a cara de quem criou e a cara de quem vai usar”, diz Fraga. “Além disso, vivemos em uma época em que tudo está muito parecido e, nessa onda, o genuíno passou a ter um valor incalculável; as pessoas irão procurar a diferenciação cada vez mais”, completa o estilista.

 

Victor Dzenk, outro estilista que também embarcou no segmento, há quatro anos assina cadeiras, pufes, poltronas e sofás com estampas de suas coleções para a Líder Interiores e confirma que é desejo das pessoas empregar cada vez mais estilo e conceito também no lugar onde moram. “A casa é nosso templo, e viver com personalidade é de extrema importância para aqueles que almejam uma decoração especial”, diz Victor. A atração pela decoração fez com que ele criasse a linha Home, recentemente lançada juntamente com a inauguração da Maison Victor Dzenk, em Belo Horizonte. “É uma extensão do conceito da minha coleção de roupas. Gosto muito de decoração e quero oferecer peças diversificadas com minhas estampas, fazendo um mix com o mundo da moda. Na Home, todo processo de criação é nosso. São vasos, pratos, jarras, sousplats, almofadas, velas. A aceitação no mercado tem sido ótima e já quero ampliar os itens”, conta o estilista.

 

 
 
 
 

Últimas notícias

Comentários