Espelho...espelho meu...

11/10/2012 09:34

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Felipe Temponi
Fernanda e Gabriela Botelho Machado Feitosa... (foto: Felipe Temponi)

À primeira vista, não há como não confundir as gêmeas Fernanda e Gabriela Botelho Machado; Paula e Thais Sportono Moreira Rampazio; e os irmãos Bruno e Lucas Vereza. Paula e Thais são idênticas e, por isso mesmo, preferem não explorar as características. “Desde pequenas nossa mãe nos vestia com roupas diferentes. Mas, claro, graças às  semelhanças, já nos divertimos, confundindo os amigos”, brinca Paula. Fernanda e Gabriela se parecem tantos nos traços físicos como também no estilo e no gosto. “Por isso, muitas vezes estamos ainda mais parecidas. Para evitar comentários das pessoas, procuramos ficar um pouquinho diferentes”, diz Fernanda. Das três duplas, apenas Lucas e Bruno não são idênticos. Mesmo assim, quem convive com os rapazes não sabe diferenciá-los. ”Um pouco de convivência é suficiente para mostrar tanto as diferenças físicas quanto as de personalidade”, comenta Lucas. “Nos divertimos demais com as confusões que as semelhanças provocam. Tanto que, se fosse para escolher, queríamos ser trigêmeos”, brinca Lucas.

 

Bruno e Lucas Vereza...
 
 
...Paula e Thaís Spotorno Moreira Rampazio, ainda confundem os amigos e se divertem com as semelhanças
 
 

 

Na disney do conhecimento

 

Há um mês em Harvard como pesquisador visitante, Jacques Fux já escolheu o seu ponto preferido na universidade norte-americana: a Widener Library. “É a Disneylandia do conhecimento”, define o escritor do recém-lançado Antiterapias. “Harvard me faz viver os belos versos de outro fingidor – Fernando Pessoa –, que, ao escrever como Alberto Caeiro, maravilhava-se a todo momento com a vida: “Sei ter o pasmo essencial que tem uma criança ao nascer/ Reparasse que nascera deveras.../ Sinto-me nascido a cada momento/ Para a eterna novidade do Mundo...”, filosofa.

 

Casamento no Haras

 

O empresário Régis Campos não esconde a felicidade com os preparativos do casamento do filho, Reginho, com Vanessa Schutz. “É uma emoção muito diferente de todas que já senti. O entusiasmo do meu filho e da minha nora me deixa muito feliz”, diz o empresário,- que tem mais duas filhas, Marina e Flávia. O casamento está marcado para 27 de outubro, no haras de Régis Campos, o RPC, em Alphaville. O espaço está recebendo cuidados especiais. A capela, por exemplo, está sendo ampliada.

 

Todos para Punta

 

O Uruguai deve manter-se como point para a virada do ano. A grande sensação será a festa da Provocateur, boate que já funciona em São Paulo e que, a partir de março, abre as portas em Belo Horizonte. A balada para três mil pessoas será montada na praia de Montoya, La Barra, em frente ao Mantra Spa e Resort. Quatro DJs, entre eles Erick Morillo, estão no line up da festa. Os convites já podem ser encontrados em Belo Horizonte a R$ 850 para homens e R$ 650 para mulheres. Com uma curiosidade: não há venda de pacotes. Quem for, deve fazer à parte suas reservas de hotel e passagem aérea.

 

Os Rodrigues em show solidário

 

A série de eventos em benefício da Jornada Solidária Estado de Minas termina em 10 de novembro, com apresentação de Jair Rodrigues, Luciana Melo e Jairzinho, na arena do Expominas. Pela primeira vez haverá venda de convites online, através da Central de Eventos. Além, é claro, da venda com as patronesses. Ingressos também poderão ser adquiridos nas lojas Equipage do Diamond, do BH Shopping e na Savassi. O público poderá optar entre mesas na pista e o lounge, que será montado no mezanino da arena. A Jornada Musical, como foi batizada a festa, será open bar, com jantar e bufê de petiscos. Em dezembro, será realizada a grande festa com a entrega dos cheques para as creches e abrigo atendidos pela Jornada Solidária.

 

Sem tempo para descanso

 

Mesmo com a expectativa de que o julgamento do mensalão continue pelo mês de outubro, os advogados que trabalham no caso não sabem quando terão direito a dias de folga. A equipe de Belo Horizonte faz a ponte-aérea Belo Horizonte-Brasília duas vezes por semana. E, por aqui, o trabalho não para, com o acompanhamento pela internet e televisão. “Fazemos jus a descanso. Vivemos em muita tensão e um grande desgaste emocional”, diz Castellar Guimarães, que defende o publicitário Cristiano Paz. O advogado não tem a menor ideia para onde ir em busca de tranquilidade. Sabe que o período será curto. “No máximo 15 dias. Os meninos não me dão muita folga”, brinca, em referência aos filhos Carolina e Castellar, que trabalham juntos no escritório da Savassi.

 

Negócios em língua portuguesa

 

Doze anos depois de passar por Belo Horizonte, o Encontro Empresarial de Negócios da Língua Portuguesa, em sua sétima edição, volta à capital mineira em abril do ano que vem. O encontro, que é bianual, está previsto como uma das ações do Ano de Portugal no Brasil. Segundo Fernando Dias, presidente da Câmara Portuguesa de Comércio de Minas Gerais, a ideia é promover a troca de experiências em negócios e interesses comuns a países de língua portuguesa.

Últimas notícias

Comentários