Escolha o seu show

por Mariana Peixoto 09/11/2012 07:21

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação
A cantora britânica Joss Stone se apresenta pela primeira vez em BH, dia 13 de novembro (foto: Divulgação)

Novembro vai ser um mês forte, a começar por um dos shows mais badalados do ano, Verdade, Uma Ilusão, sétima turnê de Marisa Monte, que ganha quatro noites no Palácio das Artes. Ainda na seara das cantoras, traz duas intérpretes, uma britânica e outra norte-americana, que têm forte relação com o país. No dia 13, no Chevrolet Hall, a loirinha Joss Stone, figurinha fácil em palcos cariocas e paulistanos, faz sua estreia na cidade. Com somente 25 anos, ela é considerada veterana na cena soul britânica, pois começou sua carreira muito antes da explosão de Amy Winehouse e Adele. A outra cantora é de praia diferente. Stacey Kent, que arrebatou o público na edição 2011 do festival I Love Jazz, tem verdadeira paixão pelo Brasil. Tanto que tem aulas de português, idioma que vem aprimorando a cada visita ao país. É de se imaginar que boa parte de seu repertório, que ela leva para o Sesc Palladium, é baseado em standards da bossa nova.

 

O cantor cubano Ibrahim Ferrer Jr., atração da Estação Santa Inês dia 23 de novembro: programa imperdível no Music Station
 
 

Este mês também vai contar com dois festivais de naturezas completamente diferentes. Em um único dia, o Net Festival ganha sua primeira edição. Será uma estreia em dose dupla, já que o evento de música eletrônica vai batizar o Estádio Independência para além do futebol. E em grande estilo: o francês David Guetta, o DJ que conseguiu ultrapassar a linha que divide o eletrônico do pop, é a principal atração, seguido do escocês Calvin Harris, nome cuja cotação subiu muito nos dois últimos anos.

 

O baixista Sérgio Dias também é atração no projeto dentro do metrô de BH: ele revive os Mutantes ao lado de outros músicos
 
 

A um mês do evento, 18 mil dos 25 mil ingressos já haviam sido vendidos. “A gente não esperava que a venda fosse tão rápida”, admite Otacílio Mesquita, da produtora TF.7, que realiza o evento ao lado da Malab. O Independência foi a primeira opção para o festival. “O estádio agrega muito para o evento. Nem se compara àqueles lugares distantes e sem estrutura onde as festas de eletrônica eram realizadas.” A ideia é aproveitar todo o espaço possível. Não haverá camarotes, somente pista, porque a estrutura de montagem poderia impactar muito o gramado. “Vamos montar o palco sem entrar no gramado, que está ganhando um tratamento extra”, continua Mesquita, que promete uma edição anual do Net Festival.

 

O DJ David Guetta de volta a BH: estrela do evento de música eletrônica que vai batizar o Estádio Independência
 
 

Outro evento de porte, este já com uma história em BH, ganha três noites em sábados consecutivos, a partir do dia 10. É o BH Music Station, ou o festival do metrô, como muita gente o chama. A ideia é levar para as estações Santa Inês, Minas Shopping e Vilarinho cantores e bandas que espelhem a variedade de sons da música brasileira. Dessa vez, haverá ainda atrações internacionais. Desta vez, o elenco de artistas traz veteranos da música brasileira como Alceu Valença, Moraes Moreira (aqui com o filho, o guitarrista Davi Moraes) e Mutantes. Outros nomes são Otto, que está lançando novo disco, a banda gaúcha Cachorro Grande, Felipe Cordeiro – artista bem cotado da nova geração da música paraense – e Ibrahim Ferrer Junior, que, como o próprio nome indica, é filho do lendário integrante do grupo cubano Buena Vista Social Club.

 

A cantora norte-americana Stacey Kent também volta a BH: sucesso no festival I Love Jazz do ano passado
 
 

Já no dia 8 o Planet Hemp, após um hiato de uma década, chega ao Mineirinho para mostrar o show de uma turnê que começou em setembro. Encabeçado por Marcelo D2 e BNegão, o polêmico grupo deve atrair uma multidão saudosa do Usuário (1995), álbum de estreia do grupo carioca. A venda de ingressos para o show de BH foi aberta em 10 de outubro e em apenas meia hora o primeiro lote se esgotou. “Ficamos surpresos porque, da turnê toda, foi o show que vendeu o primeiro lote com maior rapidez”, afirma Felipe Barreto, produtor do Pop Rock Brasil (que levou o Planet em 2002 para uma apresentação concorridíssima no Mineirão). “O Mineirinho foi escolhido por causa da dimensão do público (são esperadas mais de 10 mil pessoas) e devido à época de chuva”, diz o produtor. O Mineirinho, então, vai tremer.

 

Não dá pra perder

 

Joss Stone – Além de musa da nova soul music e com público cativo no Brasil, a inglesinha de 25 anos que só canta descalça se tem hits deliciosos, como Right To Be Wrong, e já gravou com medalhões, entre eles Mick Jagger.
 
Planet Hemp – É a banda mais polêmica da geração 1990. Reuniu-se para uma turnê comemorativa de 20 anos de encontro dos integrantes do grupo. Vai ser um show único, com hits como Fazendo a Cabeça.

BH Music Station – É realizado nas estações de metrô da cidade, mostrando outra função para o espaço público. Foram escalados Moraes Moreira e Davi Moraes, Mutantes, Otto, entre outros.
 
Net Festival
– Traz como headliner David Guetta, o DJ mais popular da atualidade, e pela primeira vez em BH o cotado escocês Calvin Harris vai lançar o Independência como arena de shows.

Últimas notícias

Comentários