O natal dos tablets

por Alysson Lisboa 17/12/2012 10:07

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação
None (foto: Divulgação)

Segundo pesquisas da F/Radar e do Instituto DataFolha, um a cada quatro brasileiros pretende comprar um tablet nos próximos 12 meses. Na lista de desejos, o dispositivo desbancou os desktops, máquinas fotográficas, DVD e Blue-Ray. Hoje, no Brasil, existem modelos com as mais variadas especificações e para todo tipo de consumidor. Para orientar a escolha de quem pretende comprar um tablet neste Natal, Encontro preparou um guia para ajudar você. Veja os principais modelos disponíveis no Brasil.

 

Objeto de desejo

 

iPAD  - Lançado em 2010, ele virou sinônimo de tablet. A Apple continua forte e comprar um aparelho da empresa, para os applemaníacos, é quase um ritual sagrado. O iPad consegue conciliar design  e um sistema operacional simples e intuitivo. O modelo com tela retina alcança a melhor resolução entre todos os concorrentes. Por outro lado, não se importa muito com a conectividade pois não tem entrada USB, não roda vídeos em Flash e o usuário pode fazer poucas personalizações. Filho caçula, o mini iPad já é vendido fora do Brasil.

 

Bom e barato

 

YPY POSITIVO - Voltado ao mercado da educação, o tablet da Positivo está disponível em dois tamanhos – 7 e 9,7 polegadas. Tem preços convidativos e acervo de 1,4 milhão de músicas, além de 10 mil livros que podem ser baixados tanto no Google Play quanto no site www.mundopositivo.com.br. O equipamento está disponível para compra nas principais lojas de departamento do país. O ponto negativo é o sistema operacional Android 2.3, versão muito antiga.

 

Segurança de dados

 

XOOM 2 - O aparelho da Motorola é confortável e fácil de manusear. Com tela de 10,1 polegadas, tem ótima qualidade de som e imagem. Apostando no mercado corporativo, o tablet tem alto nível de segurança com criptografia de dados, impressão sem fio de documentos e tela resistente a riscos. Entre os problemas estão o controle de volume e bloqueio de tela, que ficam mal posicionados. A Motorola comercializa também um modelo menor, o Xoom 2 ME, com tela de 8,2 polegadas e mais leve: 386 gramas.

 

O rival

 

GALAXY TAB NOTE 10.1 - Apesar do forte apelo comercial da norte-americana Apple, a Samsung finalmente comercializa hoje um modelo que briga forte e, segundo Michel Piestun, vice-presidente da Telecom Samsung no Brasil, tem 40% do mercado de tablets. Aliando consumo e criação de conteúdo, entre as novidades o destaque fica por conta da caneta S Pen, que permite real interação com o equipamento. O recurso de multitela é outra novidade. Com ele, o usuário pode abrir vídeos e páginas da internet enquanto faz anotações no bloco de notas. O processador, quad core, é o mais moderno já fabricado até hoje para tablets.

 

Para games

 

SONY TABLET e ASUS TRANSFORMER - Para não ficar atrás, a Sony lança seu Sony tablet no mercado brasileiro. Destaque para a integração total com o Playstation – uma ótima ideia, uma vez que os jovens são ávidos consumidores de games e telas sensíveis ao toque. Ele tem design inovador similar ao de uma revista. Outra vantagem é a compatibilidade integral com o console de videogame PlayStation. A Sony precisa melhorar alguns aspectos, como o desempenho fraco quando roda softwares mais pesados e as saídas de áudio mal posicionadas. O destaque do Asus é seu processador com quatro núcleos, o que proporciona alta performance ao aparelho.

 

Você sabia?

 

Peso

O peso do tablet é um complicador quando utilizado para leitura de livros. Nos tablets de 10 polegadas, o peso varia entre 590 e 630 gramas. Se um livro em papel tivesse o peso de um tablet, ele teria, em média, 3.500 páginas.

 

Capacidade

Os modelos, em geral, têm 16GB, 32GB ou 64GB. Uma memória de 16GB permite gravar, em média, 5.300 músicas – o que significa que você pode ficar 18 dias e meio ouvindo suas canções preferidas.

 

Aplicativos

Opções é o que não faltam. As lojas virtuais Google Play, do Android, e App Store, da Apple, têm, juntas, mais de 1 milhão de aplicativos. Destes, 90% são gratuitos. E os mais baixados são jogos
e aplicativos de redes sociais.

 

Caneta S Pen

Para quem gosta de desenhar, a caneta S Pen transforma o tablet da Samsung em uma prancheta. Quanto mais forte é a pressão da caneta sobre a tela, mais forte será o traço.
O acessório também facilita muito a manipulação e tratamento de imagens.

 

Bateria

A bateria que promete  a maior autonomia é a do iPad, 10 horas.  A duração da bateria vai variar
de acordo com o uso que você faz do aparelho. Jogos e vídeos são as funções que mais consomem energia nos tablets.
 

Últimas notícias

Comentários