Outro Troisgros

por Blima Bracher 18/12/2012 09:57

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Geraldo Goulart, Paulo Márcio
None (foto: Geraldo Goulart, Paulo Márcio)

Ele carrega no nome uma verdadeira grife da gastronomia mundial: Troisgros. Thomas (foto) é filho do ás da culinária francesa no Brasil, Claude Troisgros. O jovem chef carioca pertence à quarta geração da família que se dedica aos sabores. A paixão começou na infância, por influência do avô Pierre Troisgros e do tio Michel, que ensinaram a ele a importância de valorizar os ingredientes locais. Depois de lapidar o talento familiar no curso Culinary Institute of America, em Nova Iorque, agora Thomas percorre o mundo elaborando menus especiais. Em visita à capital mineira, ele assinou jantar no C’est si Bon, onde trocou figurinhas com a chef Fátima Barreto, ensinando alguns segredos de família.

 

 
 

De corpo e alma

 

Belo Horizonte ganha sua primeira casa com conceito de confort food, aquela comidinha boa, que faz bem para o paladar e deixa o astral leve. A proposta do proprietário Duda Siqueira (foto) é trazer versões atualizadas de receitas tradicionais, num ambiente moderno e aconchegante. Surgiu assim a Casa de Música Gourmet. Além de variedade de entradas, petiscos e pratos à la carte, há pratos executivos no almoço, de segunda a sexta-feira, com opções como a Lasanha Especial da Chef (R$ 20) e o clássico Strogonoff de Filet (R$ 20). “Queremos que o menu desperte a memória gustativa, com o resgate afetivo de boas lembranças”, diz Duda.

 

 
 

Sabores do verão

 

O já famoso cardápio do Tizé foi totalmente reformulado para se adequar à estação mais quente do ano. Quem repaginou as delícias desse tradicional point da boemia da cidade foi o consultor gastronômico Marcus Help. Focando em ingredientes da gastronomia mineira, a casa traz novidades como o Bolinho de Feijão Tropeiro com Costela (R$ 26); Escondidinho de Frango com Mandioca e Ora-Pro-Nóbis (R$ 13); Fígado na Chapa com Chips de Jiló (R$ 21); e Joelho de Porco com Batatas Coradas e Molho de Mostarda (R$ 63). A famosa brasa foi incrementada com cortes que agora “têm nome e sobrenome”, como brinca o proprietário Alysson Lessa. Todas com certificações de associações nacionais e internacionais. Na foto, o Carré de Cordeiro, da Casa Moacir (R$ 19,50) e o drinque Paixão de Baunilha (R$ 18), com maracujá, cachaça envelhecida, calda de baunilha e gelo. A nova carta de coquetéis é assinada pelo barman Filipe Brasil.

 

 
 

Do loire a BH

 

Paulo Camelo (foto), dono da Paulo Adegaria, incrementou seu portfólio de vinhos trazendo da França 11 rótulos exclusivos. Entre as pérolas que desembarcaram na capital mineira estão o Bourgueil Caves du Petit Colombier Rouge, Saumur Domaine de la RenièreRouge, Chinon Caves du Petit Colombier Rouge, Rosé d’Anjou Domaine de Flines, Cabernet d’Anjou Domaine de Flines Rosé, Domaine de Flines Chardonnay, Pouilly-Fumé Michel Girault, SancerreMichel Girault, Muscadet Sevre & Maine Chateau de la Jousselinière, Espumante Crémant de LoireDomaine de Flines e Vin Mousseux Flines Valley Rosé. Paulo Camelo explica o segredo da escolha: “Optamos pelos vinhos do Vale do Loire por causa da época do ano. A produção dessa região é mais leve e combina bem com nosso clima quente, da primavera e do verão”.

 

 
 

Do hambúrguer ao ceviche

 

A casa é referência na cidade quando o assunto são steaks, sanduíches, saladas e grelhados. Mas o menu do Applebee’s ganhou sotaque latino neste verão. Tem o Ceviche de Tilápia com pedaços de maçã-verde, cebola roxa, pimentões e um toque de jalapeños, guarnecido de camarões e acompanhado de tortillas (foto, R$ 21,90). Estreiam no cardápio risotos, massas e grelhados. Para os fiéis seguidores dos hambúrgueres, a casa lança o Bourbon Black and Blue Burger, com 200 g de carne e tempero inspirado na cidade norte-americana de Nova Orleans, coberto por cebolas e cogumelos caramelizados em uísque bourbon, queijo Jack, gorgonzola e bacon defumado (R$ 34,90). Para beber, as refrescantes wine caipis (foto, R$ 12,75), feitas com vinho e frutas como morango, uva, abacaxi e lichia.

Últimas notícias

Comentários