Cláudia Travesso

por Marina Dias 22/01/2013 08:23

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Léo Araujo
Cláudia Travesso, na Praça da Liberdade: projetos de ornamentação natalina mais importantes de BH (foto: Léo Araujo)

É um fato que o ramo da decoração vem se profissionalizando cada vez mais e que diversos nomes têm se destacado nesse setor em Belo Horizonte. Mas, em termos de decorações de fim de ano, Cláudia Travesso é unanimidade. Prova disso são os 150 projetos de Natal que realizou em 2012, como na Praça da Liberdade, na Assembleia e em 15 lugares de Contagem.

 

Esta mineira apaixonada pela magia natalina se dedica, o ano todo, aos projetos que iluminam prédios, ruas e escritórios durante as festas. Neste janeiro, por exemplo, enquanto as pessoas planejam o restinho das férias, Cláudia tem agendada uma viagem à feira de Natal da Alemanha, além de trabalhar na desmontagem e manutenção do material usado nos cenários dos últimos meses. Afinal, em maio ela já começa a desenvolver os projetos do fim do ano. “Para as pessoas, a data começa a ser pensada em outubro, novembro. Mas meu primeiro compromisso de Natal é uma feira chinesa em outubro do ano anterior”, diz.

 

Principal referência nesse tipo de decoração em BH, Cláudia começou a atividade como hobby. Ela decorava sua casa e suas montagens faziam sucesso entre os amigos, que sugeriram que ela fizesse projetos para algumas empresas, e deu certo. Há 16 anos, ela vendeu suas lojas de roupas e inaugurou a Futuro Decorações e a Casa Futuro, de artigos natalinos e de decoração.

 

Foi a visão que possibilitou à empresária começar grandes projetos, como o da sede da Cemig e o da Praça da Liberdade. Ela gostava de criar propostas temáticas, que pudessem agregar valor ao encantamento natural desse tipo de cenário. Uma delas, com o tema sustentabilidade, foi escolhida, há seis anos, pela Cemig, que também faz a decoração da praça. “Dei algumas sugestões sobre a ornamentação da praça e fui indicada para fazer o local. Comentei que o foco costumava ser apenas nas luzes. É claro que elas são as artistas principais, mas é possível colocar outros ícones que permitam às pessoas visitar o projeto em qualquer momento do dia, como presentes e bonecos.”

 

Em 2012, fora os dois pontos de BH, ela ficou responsável pela prefeitura; avenidas Afonso Pena, Brasil, Barbacena, Amazonas e Cristóvão Colombo; Igreja da Boa Viagem; praça e sede da Assembleia, bem como ruas, praças, igrejas, centro cultural e a Prefeitura de Contagem. Além de locais públicos, ela decorou bancos, hotéis, empresas, prédios, condomínios, restaurantes, shoppings, lojas, escritórios e consultórios.

Últimas notícias

Comentários