Em ritmo acelerado

por João Pombo Barile 22/02/2013 08:25

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação
O britânico Elton John: apresentação marcada para o mês que vem no Mineirão (foto: Divulgação)

Tiësto, o maior nome da cena eletrônica do mundo, abriu, no início do mês, a temporada anual de grandes shows em Belo Horizonte. E março vem quente. A primeira atração do mês será a apresentação de um dos principais astros da música britânica, o cantor e compositor Elton John, no dia 9, no Mineirão, às 22h – é mais um teste para o estádio depois da reforma. Depois, dia 15, o mítico Ian Anderson, a voz e a flauta do Jethro Tull, se apresenta no Palácio das Artes, às 21h. O show é baseado no lendário álbum Thick as a Brick. O início de ano promissor, com estrelas de primeira grandeza no cenário internacional, anima o belo-horizontino, que sonha com uma temporada marcada por atrações de peso.

 

Dos brasileiros que já estão confirmados para o primeiro semestre, três nomes merecem destaque. Um é o da cantora e compositora Marisa Monte, que se apresenta em BH dia 2 de março. Ela vem à capital mineira para encerrar a turnê do seu trabalho Verdade Uma Ilusão. No dia 16 de março é a vez da dupla Victor & Leo. Já em 13 de abril, Djavan se apresenta na cidade. Todos esses espetáculos vão acontecer no Chevrolet Hall, da T4F, que prefere não adiantar a agenda do ano, mas garante a presença do Cirque du Soleil em setembro e do grupo Jonas Brothers.

 

A voz e a flauta do Jethro Tull, o mítico Ian Anderson: show confirmado para o dia 15 no palco do Palácio das Artes
 
 

As especulações também são muitas e animam o público. E vão de U2 a Rolling Stones. A mais forte delas, porém, fala da vinda de ninguém menos que Paul McCartney. Segundo alguns sites e blogs, as negociações já estariam avançadas. E o show com o ex-Beatle aconteceria ainda no primeiro semestre, pouco antes da Copa das Confederações, em junho.

 

“Não vou dizer que seja mentira que a gente esteja tentando trazer o Paul McCartney. Só que ainda não temos nada fechado”, diz o produtor Gegê Lara, da Nó de Rosa. “Por duas vezes estivemos com negociações avançadas, mas na hora H acabou não rolando. Todo mundo sabe que o Paul fecha sua agenda em cima da hora. Por isso, acho melhor esperar um pouco”, afirma.

 

Apesar de ter sido registrada uma queda na venda de ingressos nos últimos dois anos no Brasil e em Minas, Gegê se mostra otimista. “Acho que será um bom ano para BH”, diz o produtor, que admite ainda que há negociações para realizar outro grande show internacional. O nome? Gegê não revela nem sob tortura. “Prefiro esperar, prefiro esperar”, repete. A norte-americana Beyoncé está bem cotada.

 

Agora veterano em palcos brasileiros, Paul McCartney é esperado em BH: negociações com o ex-Beatle estão avançadas e público fica na expectativa
 
 

Outro produtor mineiro, Aluizer Malab, também se mostra otimista. Ele, que começou 2013 com o pé direito trazendo sir Elton John, promete surpresas. Mas esconde o jogo: “Tudo o que posso dizer é que estamos com negociações avançadas. Acho que o ano será agitado. Um ano bom para quem gosta da boa música”, diz.

 

Nos bastidores, especula-se que ele já teria fechado com uma das rainhas da canção romântica: a americana Diana Ross. O show seria ainda no primeiro semestre. Uma fonte segura, ouvida por Encontro e que prefere não se identificar, garante que Malab já teria fechado com Norah Jones e com o grupo de rock Black Sabbath.

Últimas notícias

Comentários