Literatura para professores

por Bertha Maakaroun 02/04/2013 15:05

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Nereu Jr.
(foto: Nereu Jr.)

Despertar em professores que alfabetizam o gosto pela literatura brasileira. Esta é a proposta do projeto coordenado pela professora da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) Graça Paulino, de 64 anos, implantado em 2008 com o objetivo de formar educadores. Pelo sexto ano consecutivo, os professores da rede municipal de ensino de Belo Horizonte – e agora também da região metropolitana – vão receber uma obra da literatura brasileira, desta vez uma coletânea intitulada Vinicius Presente, do poeta e compositor Vinicius de Moraes, que morreu em 1980. “Queremos despertar nos professores que, em geral, não têm acesso às obras o prazer da leitura literária, para que possam repassar essa experiência aos alunos”, explica Graça.

Sem fins lucrativos


Antes de Vinicius de Moraes, o projeto já publicou Machado de Assis, Júlia Lopes de Almeida, João do Rio e um passeio pela poesia brasileira. Até 2012, os exemplares impressos das coletâneas literárias eram financiados pela Pró-Reitoria de Extensão da UFMG, pela Faculdade de Letras, Faculdade de Educação, professores de grupos de estudo das duas faculdades e pelo Ministério da Educação. Sem verba este ano para prosseguir, Vinicius Presente foi patrocinado pela Vallé S/A e pelo advogado e ex-professor da UFMG João Batista de Oliveira Filho. A família do compositor liberou a publicação sem fins lucrativos. São 10 mil exemplares do livro que, a partir deste mês, serão presenteados aos professores da rede municipal metropolitana.

Samuel Gê
(foto: Samuel Gê)


Juízes na escola

 

Futuros juízes estão estudando. O curso de formação promovido pela Escola Judicial Desembargador Edésio Fernandes (Ejef) constitui a última etapa do concurso aberto em 2011 pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) para ingresso na carreira, conforme foi estabelecido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e pela Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam). A posse dos aprovados será em 5 de abril. O desembargador José Antonino Baía Borges, 2º vice-presidente do TJMG e superintendente da Escola Judicial, explica que a iniciativa propicia conhecimento prático e confere maior segurança à prestação jurisdicional, já que na escola eles realizam audiências, elaboram decisões e sentenças. Outra novidade no concurso é que, agora, os candidatos são submetidos a teste psicológico com caráter eliminatório.

 

Cláudio Cunha
(foto: Cláudio Cunha)


Fórmula de sucesso


Na edição de janeiro, a coluna publicou nota destacando a atuação firme no combate ao crime da coronel da Polícia Militar (PM), Cláudia Araújo Romualdo, de 44 anos. Pois bem. No fim de fevereiro, a coronel assumiu a chefia do Comando de Policiamento da Capital (CPC). Ela será, assim, a primeira mulher, em 236 anos de história da PM, a comandar o CPC. A coronel, com 27 anos dedicados à PM, promete imprimir uma nova marca à instituição. Quando estava no comando da 3ª região, com sede em Vespasiano, ela reduziu, nos 22 municípios integrados, os índices de criminalidade em relação a 2011 e atuou de forma precisa ao conter, no fim de dezembro, um princípio de rebelião na Penitenciária de Pedro Leopoldo. A fórmula da coronel: trabalho em equipe e oficiais acompanhando na rua o desempenho das tropas.

João Carlos Martins
(foto: João Carlos Martins)


Do sushi ao tropeiro


Se antes a relação de Minas Gerais com o Japão era baseada em grandes projetos negociados entre os governos – os mais emblemáticos são a Vale, a Usiminas e mais recentemente a Vallourec & Sumitomo Tubos do Brasil –, agora o objetivo é impulsionar os negócios entre as pequenas e médias empresas dos dois países. Essa é a estratégia de mais um encontro internacional Brasil e Japão e do II Festival do Japão em Minas 2013, no Expominas, entre 15 e 18 de março. “Mineiros e japoneses são mais reservados e mais cautelosos. São culturas muito parecidas”, afirma Wilson Brumer, cônsul geral honorário do Japão em Belo Horizonte. Além de negócios, os mineiros vão degustar sushis, tempuras, yakisobas, entre outros pratos. Aos japoneses será servido tropeiro, cachaça e queijo minas.

Posse na OAB

O presidente da OAB/MG, Luís Cláudio Chaves, reeleito para novo mandato, será o representante de todos os presidentes seccionais da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Conselho Federal. A posse da nova diretoria da seção mineira, em 17 deste mês, terá pela primeira vez em sua história uma mulher à frente da secretaria geral, Helena Edwirger Santos Delamonica.

Divulgação
(foto: Divulgação)


Alô, alô! Voltei!

 
Há mais de duas décadas atuando na área de telecomunicações, o executivo Erik Fernandes (foto) deixa a direção de marketing da Claro em São Paulo para liderar novamente a operadora em Minas Gerais, sua terra natal. Num momento em que o desafio das teles é conjugar crescimento do mercado com melhora na qualidade do serviço prestado,  Erik vai trabalhar para fortalecer a presença da marca por aqui. “Vamos trazer o que há de mais inovador no mercado para nossos clientes”, promete o diretor regional, que participou recentemente da pioneira implantação, pela Claro, da tecnologia 4G Max no Brasil.

Últimas notícias

Comentários