Chocolate com pimenta

por Guilherme Torres 09/08/2013 15:31

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação
(foto: Divulgação)
Personalidade recorrente na imprensa mundial por ser o namorado do estilista Marc Jacobs, da Louis Vuitton, e pela carreira como ex-ator de filmes eróticos, o mineiro Harry Louis rouba a cena novamente, agora como empresário. Há poucos meses ele passou a dedicar-se à paixão antiga por doces e está produzindo bombons finos. As delícias, feitas com chocolate belga, 50 tipos de recheios e formato de pedras preciosas, são vendidas, por enquanto, pelo site da HL Chocolates somente para o eixo Rio-São Paulo e devem chegar a Minas em breve. “BH será o nosso terceiro mercado no Brasil”, adianta Harry, que não esconde o carinho que sente pelo estado. “Nasci e morei, até meus 12 anos, na cidade de Bambuí e foi lá, vendo minha avó no fogão a lenha, que nasceu esse meu gosto por cozinhar”, conta. Dividido entre a fábrica dos doces no Rio, sua residência em Londres e a do namorado em Nova York, ele avisa que vem a BH neste mês para conhecer o mercado local e sondar bons pontos comerciais na cidade.

Lizandra Gabrich/Divulgação
(foto: Lizandra Gabrich/Divulgação)


Ela vai voltar

Depois de passar um período de geladeira com o fim de Subúrbia, da TV Globo, e de ser avisada que a série não teria outra temporada, a protagonista Érika Januza foi à luta. Aos 28 anos, ela está decidida a seguir a carreira de atriz. Para isso, começou a estudar teatro e trabalha atualmente com um preparador no Rio e outro em BH, além de fazer acompanhamento com um fonoaudiólogo. Há poucas semanas, também trocou a casa dos pais, em Contagem, por um apartamento no Leblon, Zona Sul do Rio, para estar por perto ao ser escalada para algum trabalho. “Não foi porque dei certo na TV, sem nenhum conhecimento artístico, que vou ficar estagnada. Ser atriz era uma das poucas coisas que eu não tinha tentado na vida, mas agora estou apaixonada”, diz. Na cidade maravilhosa, ela anda com a agenda apertada entre um teste e outro, e promete estar em uma das novas produções da casa, possivelmente em outra série.

Paulo Márcio/Encontro
(foto: Paulo Márcio/Encontro)


Tragédia e samba

Completando três décadas de carreira no teatro neste ano, a atriz belo-horizontina Andreya Garavello vai comemorar a data em grande estilo e como mais ama: no palco. Mergulhada desde o ano passado como produtora, diretora e protagonista de Medeia, uma das personagens mais fascinantes da mitologia grega, Andreya e o elenco foram convidados para encenar a peça no berço do teatro ocidental, em Atenas, na Grécia, e são o único grupo brasileiro no Festival de Verão Ecostudents Forum III, nos dias 9 e 10 de julho. Detalhe: até agora, a montagem foi encenada somente em BH e por seis vezes. “O pedido é para fazermos três apresentações, todas em português, e já tive notícias de que os 1.200 ingressos estão esgotados. Vamos encerrar tudo com um grande samba-enredo. Acho que eles vão gostar”, conta a atriz. Fã das tragédias gregas, ela já trabalha também para dar vida em breve à icônica princesa Electra.

James Hole/Divulgação
(foto: James Hole/Divulgação)


Sobe o som!

Criar um remix oficial para ninguém menos que Yoko Ono é um feito e tanto para qualquer DJ, mas para o duo Dirtyloud, formado por Marcus Vinícius Campos e Eduardo Nascimento, esse só foi mais um trabalho na consolidada carreira que começou há pouco mais de dois anos. Além da viúva de John Lennon, os belo-horizontinos craques na e-music são admirados e já trabalharam com David Guetta, Tiesto, Calvin Harris, entre outros artistas. Com uma média de 120 apresentações ao ano, no Brasil e no exterior, os amigos foram recentemente capa da versão brasileira da respeitada revista MixMag e estão de malas prontas para cumprir mais uma turnê gringa: vão tocar em nove cidades dos Estados Unidos e do Canadá. “Acho que o tempero brasileiro e a mistura de estilos é que fazem nosso trabalho ter sucesso aqui e, mais ainda, lá fora”, diz Marcus.

Divulgação
(foto: Divulgação)


Bom de briga

Com a conquista de seu quarto título mundial em junho, na Califórnia (EUA), o lutador mineiro de jiu-jítsu Rômulo Barral é o mais novo membro do “hall da fama” da modalidade. Nascido em Diamantina, Rômulo conta que para alcançar os bons resultados tem uma rotina de treinamento que chama de simples: treina seis dias da semana (três vezes ao dia, com de uma hora e meia de duração cada tempo). Famoso no meio esportivo e morando em Los Angeles, o atleta de 30 anos até já deu aulas particulares para ajudar no desempenho do ator Kevin James no filme Professor Peso Pesado (Here Comes the Boom) e ainda fez uma participação no longa. “Já recebi outros convites e com certeza as pessoas me verão na telona novamente”, adianta, sem perder o foco nos ringues. “Este ano, estou muito motivado para lutar na Copa Pódio, no Rio, e na ADCC, em Pequim (China)”, diz.

Últimas notícias

Comentários