Trabalhar com prazer

Pesquisa da GPTW, Encontro e jornal Estado de Minas vai elaborar ranking com as empresas que têm o melhor ambiente de trabalho no estado

por Daniela Costa 28/08/2013 13:49

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação/GPTW
Caroline Maffezzolli, diretora de Inteligência Estratégica da GPTW: "Enquanto o chefe diz eu vou, o líder fala nós vamos, e incentiva o trabalho em equipe, apontando caminhos e inspirando seus funcionários a darem sempre o melhor" (foto: Divulgação/GPTW)
 
 
Que tal deixar de ser um chefe para se tornar um verdadeiro líder? Esta é uma das propostas do Great Place to Work (GPTW), instituto americano que, em parceira com Encontro e o jornal Estado de Minas, vai divulgar em março de 2014 o ranking das melhores empresas do estado para se trabalhar. O objetivo principal é mostrar que as empresas mais rentáveis e lucrativas são comprovadamente aquelas que valorizam sua mão de obra. "Enquanto o chefe diz eu vou, o líder fala nós vamos, e incentiva o trabalho em equipe, apontando caminhos e inspirando seus funcionários a darem sempre o melhor", diz Caroline Maffezzolli, diretora de Inteligência Estratégica da GPTW no Brasil. 

Para participar, basta que as empresas interessadas se inscrevam até o dia 1º de setembro pelo site www.greatplacetowork.com.br, preencham o questionário solicitado e o enviem até  1º de outubro. O procedimento, gratuito, possibilita que as relações de trabalho de todas as empresas participantes sejam avaliadas. "A pesquisa é feita por meio de um questionário que deve ser preenchido tanto por gestores quanto por funcionários, mostrando qual a sua opinião sobre o seu ambiente de trabalho", explica. O diagnóstico final traz dados importantes, como o índice de confiança que os funcionários têm na empresa em que atuam e sua média de satisfação. Somente são classificadas aquelas que alcançarem avaliação positiva de mais de 70% dos seus colaboradores. "Nesses lugares, a rotatividade voluntária é muito baixa. Além de conseguir reter talentos, estas empresas também se tornam um polo atrativo para novos talentos, o que reflete diretamente em sua produtividade e rentabilidade."
 
 
 
O instituto, que realiza estudos sobre as práticas de trabalho em 49 países, iniciou suas pesquisas no Brasil em 1997.  O país lidera, no momento, o número de empresas participantes da pequisa. Atualmente, a GPTW atua em vários estados brasileiros, entre eles Bahia, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Maranhão e Ceará. "É a comprovação de que as empresas brasileiras possuem efetivamente a intenção de melhorar suas relações de trabalho, reformulando suas práticas corporativas." O ranking das melhores empresas para se trabalhar nada mais é do que a descoberta de bons exemplos que sirvam para incentivar a renovação no ramo empresarial.

Últimas notícias

Comentários