Tracker em outubro

por Fábio Doyle 28/08/2013 14:15

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Divulgação
(foto: Divulgação)
 

 

A General Motors esclarece que com o novo SUV compacto Tracker não tem pretensões de fazer frente ao volume de vendas de seus concorrentes Ford Ecosport e Renault Duster. Pela simples razão de que, enquanto estes são fabricados no Brasil, o representante da Chevrolet será importado do México (leiam-se cotas de importação limitadas). O volume de vendas para o Brasil deverá ficar em torno de 1 mil unidades por mês, revela Rafael Godoy dos Santos, diretor de vendas da Chevrolet, que esteve em Belo Horizonte para apresentar a nova transmissão automática do Prisma e o Onix. O Tracker será lançado no Brasil em outubro e terá preço entre R$ 50 mil e R$ 60 mil.

 

Questão de bom senso

 

Somente após muita pressão, o bom senso está a caminho de prevalecer na questão da homologação pelo Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) das cadeirinhas com sistema Isofix para o transporte de crianças. Hoje, as homologadas não incluem as que trazem o sistema de acoplamento Isofix, que é mais eficiente e seguro do que o que utiliza o cinto de segurança para fixar a cadeirinha. O Inmetro disponibilizou em consulta pública, por 60 dias, a proposta de texto incluindo o Isofix na certificação compulsória. Alfredo Lobo, diretor  do Inmetro, lembra que "a regulamentação em vigor não proíbe a comercialização de cadeirinhas que contam com o sistema Isofix, desde que também possuam o sistema de fixação por meio do cinto de segurança".

 

Exigir, não proibir

 

Para utilizar o Isofix, as cadeirinhas e os veículos precisam ter pontos de ancoragem para o sistema especial de fixação rápida. Assim, a questão não é proibir cadeirinhas com o sistema Isofix, mas, sim, exigir que todos os veículos vendidos no país tenham como item de série o ponto de ancoragem para a fixação do acessório. Segundo Lobo, "cerca de 5% dos modelos de veículos no Brasil dispõem desse sistema de ancoragem".  Ele acrescenta que, atualmente, existem no mercado nacional cinco modelos de cadeirinhas com Isofix. Após a publicação da portaria definitiva, fabricantes (nacionais e importados), importadores e o comércio de cadeirinhas que dispõem do sistema Isofix, exclusivo ou como alternativa à fixação por meio do cinto de segurança, terão 12 meses para se adequar às novas regras.

 

 

Flecha de prata

 

A maior atração do leilão realizado no Festival de Velocidade de Goodwood, na Inglaterra, promovido pela casa britânica Bonhams, foi o lote número 320: um Mercedes-Benz tipo W 196 R Grand Prix de competição – o carro originalmente pilotado por Juan Manuel Fangio em 1954 e, até o momento, único dos Flechas de Prata do período pós-guerra nas mãos de um colecionador particular. O lance vencedor foi de 17,5 milhões de libras esterlinas, preço recorde para vendas de carros em leilão. O comprador, que pediu para não ter seu nome revelado, arrematou o carro por telefone e pagará um total de 20.896.800 libras (cerca de US$ 31,6 milhões ou aproximadamente R$ 72,7 milhões). No total, das 14 unidades do W 196 R originalmente construídas, apenas 10 ainda existem: seis  pertencem à coleção da Mercedes-Benz Classic e três estão em museus em Turim, na Itália, em Viena, na Áustria, e em Indianápolis, nos EUA. O carro restante foi leiloado em  Goodwood e tem o chassi número 006/54.

 

 

 

Mais potência

 

A Ford Europa lança a opção Mountune nos esportivos da Série ST do Focus e New Fiesta, aumentando a potência e o desempenho dos dois modelos. O "pacote" Mountune, empresa especialista na preparação de motores, eleva para 275 cv e 210 cv, respectivamente, as potências do Focus e do Fiesta. O Focus ST com kit Mountune acelera de 0 a 100 km/h em menos de 6 segundos. No Fiesta ST Mountune, a aceleração de 0 a 100 km/h fica em 6,7 segundos. A instalação pode ser feita nos distribuidores Ford na Europa. Ninguém iria reclamar se a Ford trouxesse o pacote Mountune para o Brasil.

 

 

Marco histórico

 

A linha de produção em Hambach (França) produziu o smart fortwo número 1,5 milhão. O veículo é um smart fortwo electric drive cabrio de cor branca, que saiu da linha de montagem antes do começo das férias de meio de ano, que serão ampliadas. A produção vai parar por quase dois meses, em julho e agosto, quando passará por atualizações para o início da produção de um novo smart urbano de quatro lugares, que deverá chegar ao mercado em 2014. Recentemente, o smart foi o primeiro colocado no segmento City Car (carro urbano) da edição deste ano do IQS (Initial Quality Study – estudo de qualidade inicial) divulgado pelo instituto J.D. Power, de pesquisas de    marketing. O estudo se baseia nas informações de proprietários nos Estados Unidos relativas à qualidade de seus veículos novos nos primeiros 90 dias após a aquisição.

Últimas notícias

Comentários