Salas de vestir

Para além do amplo mobiliário planejado, o closet é uma solução personalizada e prática que facilita - e muito - a organização e o manuseio das roupas, sapatos e acessórios no dia a dia

por Guilherme Torres 29/08/2013 13:36

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Cobiçado pelas mulheres e uma mão na roda para os homens, investir em um closet é sinônimo de organização e facilidade para ter à mão tudo o que precisa de forma rápida. Ele também colabora em outros pontos: amplia o quarto, que não precisa ter armários, além de não incomodar o parceiro na hora de se vestir, no caso de casal. Adepto ao espaço, o arquiteto David Guerra explica que há possibilidade de os armários terem ou não portas. "Sem as portas fica mais fácil e rápida a escolha e layout das peças. Além disso, como tudo está à mostra, evita que possíveis bagunças fiquem sem solução", diz. Para ele, sempre que há espaço para um novo cômodo, o ideal é ter um closet. "Apenas quando a área disponível é limitada, opta-se por armários dentro do quarto", explica. Apesar de íntimo e pouco visitado por outras pessoas, vale a pena investir em uma decoração básica e elegante. Os itens indispensáveis são os apoios, como poltronas, pufes, chaises, bancos ou recamier. Espelhos também não podem ficar de fora, assim como os tapetes, que aquecem o piso. A iluminação é importante, ainda mais se o espaço contar com bancadas e penteadeiras para maquiagem: luz fria e natural é uma boa pedida. Já a marcenaria precisa atender ao estilo de vestir do cliente, avaliando se há muitos sapatos, acessórios, vestidos longos ou ternos, para que nada fique sem lugar. "Sem dúvida, ter um bom closet bem planejado e de preferência com a cara dos donos é um investimento muito útil. E ele ainda faz sentir-nos como numa loja", diz o arquiteto Dante Lapertosa.

Pedro Zorzall/Divulgação
(foto: Pedro Zorzall/Divulgação)

Efeito ampliado

Pensado para atender às necessidades de uma empresária ligada às tendências da moda, este closet de 7 m² traz armários de ambos os lados e corredor de circulação. Os armários da Oficina de Design são em MDF branco e com portas de correr revestidas de espelho, recurso usado para ampliar o espaço e ao mesmo tempo indispensável na hora de se vestir. Para trazer aconchego, o espaço ganhou tapete persa e um recamier de veludo, que também funciona como um suporte ideal. O projeto é da decoradora Teresinha Geo.

Jomar Bragança/Divulgação
(foto: Jomar Bragança/Divulgação)

Como uma loja

Em um espaço generoso de 14 m², o arquiteto David Guerra criou um closet que mescla as características acolhedoras de uma casa no campo e o estilo urbano e prático da cidade. Com isso, usou peroba do campo antiga para o piso e portas de correr tecnológicas espelhadas e de vidro laqueado para os armários. Os demais nichos são abertos para facilitar a escolha das roupas e incentivar a organização geral.  Como o closet também precisa ser um ambiente que aqueça, o arquiteto usou tapete e pufes para apoio. Os armários são Linea D’oro e as portas de correr, executadas pela Cinex (Dolomiti Feltre). 

Daniel Mansur/Divulgação
(foto: Daniel Mansur/Divulgação)

Cor e moda

Projetado pela arquiteta Iara Santos para uma jovem estudante de moda, que usa o quarto também para criar e até receber as amigas, este closet de 4,5 m x 2 m conta com diversos elementos: há uma bancada revestida de camurça azul, a mesma que também reveste a parede e o pufe, além de tapete felpudo. Os espelhos, fundamentais na produção, também dão sensação de amplitude no pequeno espaço. Os armários em MDF são da Líder Interiores.

Daniel Mansur/Divulgação
(foto: Daniel Mansur/Divulgação)

Butique em casa

Um dos quartos da semis-suíte do apartamento deu lugar a um closet cheio de espaço e nichos para uma jovem senhora. A proposta dos arquitetos Dante Lapertosa e José Alberto Figueiredo foi de criar um espaço  funcional  para receber um guarda-roupa farto.  Um balcão-ilha foi criado com gavetas dos dois lados para roupas íntimas e acessórios. A estante na entrada, toda em prateleiras, guarda as joias e bijuterias em caixas revestidas em veludo zebrado. O projeto ainda conta com penteadeira em vidro laqueado. Os armários são Todeschini.

Divulgação
(foto: Divulgação)

Organização e praticidade

Funcional, este closet desenhado pela designer de interiores Dodora Gontijo retrata o desejo da cliente de ter um espaço completo para arrumação. Além de armazenar as roupas e sapatos, foram projetadas uma bancada para maquiagem com espelho e uma arara externa com prateleiras expostas, onde são montados looks para rápido acesso. As cores neutras, o papel de parede e o tapete deixam o ambiente mais acolhedor. A marcenaria é da Kitchens. 

Últimas notícias

Comentários