Investimento certo

Empresas mineiras são premiadas por valorizar funcionários. Inscrições para o ranking 2014 estão abertas

por Daniela Costa 13/09/2013 17:16

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Leo Araújo
Márcio Luiz Cabral Gonçalves, diretor da Eteg, empresa mineira premiada na categoria TI e Telecom: "Trabalhamos em um espaço integrado que proporciona a todos o mesmo tipo de tratamento" (foto: Leo Araújo)

O segredo de uma empresa de sucesso é proporcionar oportunidades para que seus funcionários cresçam junto com sua receita.  Foi com essa política de parceria que a empresa mineira Eteg figurou no ranking das melhores do país  para se trabalhar em 2013 na categoria TI & Telecom, em premiação realizada pelo instituto americano Great Place to Work (GPTW). Na mesma categoria, também foram premiadas as empresas Microcity e Ativas.
 
“Apostamos na transparência, na comunicação e no crescimento conjunto da empresa e de nossos colaboradores, mostrando a cada um a importância que o seu trabalho tem dentro do grupo”, diz Márcio Luiz Cabral Gonçalves, diretor da Eteg.  Em 13 anos de existência e com 72 funcionários, a empresa não abre mão de realizar reuniões mensais e anuais para verificar quais são os objetivos e expectativas de cada colaborador. E faz questão de quebrar barreiras, entre elas as paredes que dividem as salas. “Trabalhamos em um espaço integrado, que proporciona a todos o mesmo tipo de tratamento. O resultado de um ambiente de trabalho sem segregações e acolhedor são funcionários felizes, produtivos e uma baixa rotatividade”, diz Gonçalves.
 
É exatamente com o objetivo de incentivar o investimento na melhoria das relações de trabalho que a GPTW, juntamente com a Revista Encontro e o jornal Estado de Minas, vai divulgar, em março de 2014, o ranking das Melhores Empresas de Minas Gerais para se Trabalhar.
 
Para participar, as empresas interessadas devem se inscrever pelo site www.greatplacetowork.com.br e preencher o questionário. “A avaliação é feita tanto com os gestores quanto com os funcionários, e serve como um termômetro para medir qual a relação da empresa com seus colaboradores e a média de satisfação gerada”, diz Michelle Magalhães, consultora de inteligência de mercado da GPTW Brasil. Somente são classificadas aquelas que alcançarem avaliação positiva superior a 70%. Dessa forma, bons exemplos são descobertos e incentivam um número cada vez maior de empresas a investir em seus funcionários. 
 

Últimas notícias

Comentários