Safra argentina de sedãs

Com nítidas melhorias no design, acabamento, suspensão, motor e transmissão, PSA Peugeot / Citroën e Ford lançam quase ao mesmo tempo seus novos representantes para o segmento de sedãs médios

por Fábio Doyle 16/09/2013 12:43

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação
C4 Lounge, da Citroën: design mais trabalhado e interior com acabamento mais sofisticado do que o modelo similar da Peugeot (foto: Divulgação)

A indústria automobilística dedica agosto e setembro à apresentação de novas edições de sedãs médios, todos produzidos na Argentina. A Citroën lançou no mês passado, em Mendoza, o novo C4 Lounge. No início de setembro chega ao mercado o Peugeot 408, que compartilha a mesma plataforma, o mesmo motor (2.0 aspirado e turbo), o mesmo sistema de transmissão (manual e automática sequencial de seis velocidades) e a mesma suspensão do C4 Lounge. Peugeot e Citroën fazem parte do grupo PSA. Para o fim do mês, a Ford espera o Salão do Automóvel de Frankfurt (IAA) para, também em Mendoza, apresentar o novo Focus.

Os sedãs médios são os carros mais procurados por quem busca um veículo do segmento intermediário, superados talvez apenas pelos SUVs médios. Dizem que, quando decide pela compra de um novo carro para a família, o homem vai à revenda e escolhe um sedã. Na hora de fechar o negócio, resolve levar a mulher para que conheça o novo automóvel. Lá chegando, os olhos dela, invariavelmente, brilham mais para o modelo SUV que está no show room. Adivinhe com qual modelo de automóvel eles irão sair da loja?

Divulgação
Novo Ford Focus Sedan: primeiro motor bicombustível com injeção direta, sistema de conectividade, tela touch-screen e comandos de voz (foto: Divulgação)

Os filhos da francesa PSA Citroën C4 Lounge e Peugeot 408 C4, com diferenças sutis, disputam os mesmos compradores. A Citroën, tradicionalmente como a marca mais luxuosa do grupo, apresenta no C4 um carro de design mais trabalhado e apurado e um interior com acabamento sofisticado. O Peugeot 408 tem design mais clássico, bom nível de acabamento interno e mira consumidores de gosto mais tradicional. Em oferta de motorização, desempenho, potência, sistemas de transmissão e dimensões, os dois modelos são praticamente idênticos. Merece destaque o excelente espaço interno, que beneficia principalmente os passageiros do banco de trás e o porta-malas.

O preço sugerido da versão de entrada é o mesmo para o C4 e o 408 (R$ 59.990), que trazem motor 2.0 flex com transmissão manual. A partir daí, os preços do Peugeot são menores que os da Citroën. Além disso, o 408 oferece três versões de acabamento, enquanto o C4 diversifica mais, com cinco alternativas. Nas versões intermediárias com transmissão automática, a diferença a favor do Peugeot varia de R$ 1 mil e R$ 6.500. Na versão top, equipada com o motor turbo THP de 165 cv, a diferença a favor do 408 é de R$ 4 mil.

Divulgação
Peugeot 408, outra aposta da francesa PSA: motor 2.0 flex e opção turbo THP de 165 cv com nova transmissão automática sequencial (foto: Divulgação)

O curioso é que as metas de vendas são muito diferentes. Enquanto os executivos da Peugeot falam em vender 600 unidades por mês do 408, os da Citroën têm expectativa de vendas mensais de 1.500 unidades do C4 Lounge. A perspectiva da Citroën soa como muito otimista, tendo em vista que seu antecessor, o C4 Pallas emplacou em 2012 e 2013 uma média de pouco mais de 300 unidades/mês. Francesco Abbruzzesi, diretor geral da marca, lembra que o C4 Lounge é um carro totalmente novo, mais moderno, mais dinâmico, mais jovial e que, por isso, tem boas possibilidades de conquistar um leque bem maior de admiradores e compradores.

Com o novo Focus sedã, que ainda não traz a nova frente "bocão", que passou a ser a identidade visual da marca, a Ford complementa a modernização de toda sua linha. Antes dele, vieram o EcoSport, o Fusion e o New Fiesta. O preço do novo sedã ainda é segredo, mas deve ficar entre R$ 60 mil e R$ 78 mil, semelhante ao de seus concorrentes Toyota Corolla, Honda Civic, Peugeot 408 e Honda Civic.


O novo Focus sedã vem com sistema de conectividade SYNC com tela touch-screen e comandos de voz para operação do celular, entretenimento, navegação e climatização. O modelo oferece seis airbags e faróis Bi-Xenon com lavadores embutidos. Os motores (flex) disponíveis são novos. O Sigma 1.6 16V será da versão TiVCT (com duplo comando de válvulas variável), o mesmo que equipa o New Fiesta, mas com potência acima de 130 cv. A versão 2.0 16V Duratec com potência de 175 cv, primeiro propulsor com injeção direta bicombustível, é o principal destaque do novo sedã Ford.

Últimas notícias

Comentários