Para celebrar a fé

Mantendo a tradição, paróquias de BH realizam a Missa do Galo, em horários variados. Confira a programação de algumas delas

por Rafael Campos - Revista do Correio 09/12/2013 15:24

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.


Samuel Gê
(foto: Samuel Gê)

Na noite de Natal, o papa Francisco, anunciado por trombetas, celebrará sua primeira Missa do Galo na basílica de São Pedro, no Vaticano. Por aqui, o gesto se repetirá em várias paróquias da capital mineira. O monsenhor Geraldo dos Reis Calixto, chanceler da Arquidiocese de BH, explica que o significado da celebração tem raízes na Roma antiga, onde a noite era dividida em quatro partes. A primeira era ao entardecer; a segunda, à meia-noite; a terceira, quando o galo cantava, por volta das 3h da manhã; a quarta era na aurora, ao amanhecer. Por isso, a missa da noite de Natal, que era promovida durante a madrugada, ficou conhecida como Missa do Galo.

Os horários do rito variam. No ano passado, o então sumo pontífice Bento XVI comandou a missa, no Vaticano, às 22h do dia 24. O horário, segundo fiéis e párocos, não é tão importante, pois o que vale é a reafirmação da fé e a celebração da data mais importante para os católicos. "A comemoração do Natal é festa para acolher, de coração, o mais importante e completo presente dado à humanidade: Jesus Cristo", diz dom Walmor Oliveira de Azevedo, arcebispo metropolitano de BH, que irá celebrar a missa na catedral de Nossa Senhora da Boa Viagem, no bairro Funcionários, na região Centro-Sul.
 
Confira os horários da Missa do Galo em alguma paróquias de Belo Horizonte.

Eugênio Gurgel
(foto: Eugênio Gurgel)
Eugênio Gurgel
(foto: Eugênio Gurgel)
Eugênio Gurgel
(foto: Eugênio Gurgel)
Eugênio Gurgel
(foto: Eugênio Gurgel)

Últimas notícias

Comentários