Tops da decoração

Com projetos sofisticados e inovadores, o Prêmio Amide 2013 chega à nona edição, revelando talentos do design de interiores e da arquitetura em quatro categorias

por Marina Santos 10/01/2014 14:18

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.


Jomar Bragança/Divulgação
Espaço gourmet do projeto vencedor na categoria Casa, da arquiteta Eduarda Corrêa (foto: Jomar Bragança/Divulgação)
 
 
Design arrojado, cores harmonizadas, soluções personalizadas e ecológicas para transformar diferentes ambientes em espaços cada vez mais agradáveis, que combinem estética e funcionalidade. Esse é o desafio lançado aos participantes do Prêmio Amide de Decoração. Realizado pela primeira vez em 2003 pela Associação Mineira de Decoradores de Nível Superior (Amide),  em parceria com a revista Encontro, o concurso chega a sua nona edição e é a principal premiação do estado para profissionais da área. "Minas é um celeiro de talentos. Nossos profissionais são muito conceituados e criativos", afirma a presidente da associação, Laura Rabe. 

Neste ano, a formação do júri que avaliou os trabalhos contou com figuras de renome no cenário da arquitetura, design e decoração, como a ex-presidente da Amide Cláudia Cornélio e o empresário e designer de joias Manoel Bernardes. "Os mineiros têm chamado a atenção da mídia nacional. O evento cria uma rede de relacionamentos e de interesses, além de dar grande visibilidade aos profissionais premiados", diz Laura.

Confira quais foram os projetos e os profissionais  vencedores nos três primeiros lugares das quatro categorias do Prêmio Amide: Apartamento, Casa, Ambiente Comercial e Mostra de Decoração.
 
Apartamento
 
Jomar Bragança/Divulgação
1º Lugar - Em uma das edificações mais icônicas da região central de BH, projetada por Oscar Niemeyer, o apartamento no edifício JK, no bairro Santo Agostinho, foi reformado com a proposta de integrar os diferentes ambientes para criar um loft. O piso original, de taco de madeira em peroba-do-campo, foi mantido e restaurado. As grandes janelas, originais da arquitetura e que acompanham todos os cômodos, tornam o espaço bem iluminado, além de explorar a bela vista da cidade. %u201CO design arrojado e a combinação de cores com ousadia conferiu personalidade ao projeto%u201D, afirma a designer de interiores Gislene Lopes. (foto: Jomar Bragança/Divulgação)
Jomar Bragança/Divulgação
2º Lugar - Este apartamento do Belvedere foi pensado para aliar tecnologia de ponta com a decoração sofisticada, para receber amigos e familiares. Foram usados painéis de correr, que isolam e integram o ambiente, dando dinamismo ao projeto da arquiteta Andréa Ker Bacha. (foto: Jomar Bragança/Divulgação)
Jomar Bragança/Divulgação
3º Lugar - Neste apartamento no Belvedere, uma cobertura de 800 m2, a decoradora Cícera Gontijo preferiu tons predominantes em prata, marrom, caramelo e preto. O espaço gourmet é integrado ao home e tem sofá e pufes em couro e mesa de centro em cristal. (foto: Jomar Bragança/Divulgação)
 
 
Ambiente comercial
 
Daniel Mansur/Divulgação
1º Lugar - A unidade da loja Deck & Sol, instalada no Lourdes, procura mesclar luxo e sofisticação nos diversos ambientes ao longo de seus cinco andares. A edificação, tal como foi construída, evidencia a vivacidade e a diversidade do mobiliário e demais objetos expostos. %u201CQuando fizemos o prédio que abrigaria a loja e apartamentos, dizíamos que era uma arquitetura com as vísceras expostas: aço, concreto e granitos, com muito pouca área de pintura. Tudo à vista%u201D, explica a arquiteta urbanista Ângela Roldão. (foto: Daniel Mansur/Divulgação)
Jomar Bragança/Divulgação
2º Lugar - Um galpão dos anos 1960 deu lugar à Spetáculo Casa de Artes, teatro particular, com camarim, salas para ensaios e fantasias, área administrativa e bar. A arquiteta Andréa Buratto deu prioridade à cor preta, tijolos de demolição e ladrilhos hidráulicos. (foto: Jomar Bragança/Divulgação)
Jomar Bragança/Divulgação
3º Lugar - A arquiteta urbanista Graziella Nicolai criou um ambiente que refletisse sofisticação e, ao mesmo tempo, acolhimento, reforçando a proposta de bem-estar do Spa Lotus. Os espaços foram pensados de acordo com os diferentes tratamentos e procedimentos estéticos. (foto: Jomar Bragança/Divulgação)
 
 
Mostra de decoração
 
Jomar Bragança/Divulgação
1º Lugar - O projeto, desenvolvido segundo um conceito de arquitetura sustentável para a Casa Cor 2013, tem sua estrutura toda feita em placas de concreto laminar com sistema Laminus, que podem ser montadas e desmontadas após o evento. A grande bancada tem revestimento da linha Eco, que utiliza matérias recicláveis, e a mesa única foi feita em madeira de demolição. O Espaço Gourmet possui aberturas envidraçadas para valorizar o verde do entorno e a iluminação foi feita com lâmpadas de LED, pensando em reduzir o consumo de energia. O projeto é da arquiteta urbanista Ana Andréa Barra. (foto: Jomar Bragança/Divulgação)
 
Daniel Mansur/Divulgação
2º Lugar - O Espaço Gourmand foi concebido, para a Casa Cor 2013, com a atmosfera das cozinhas de fazendas do interior. Equipado com forno de pizza, churrasqueira e forno a lenha, possui persianas em madeira, além de materiais e cores quentes. O projeto é da decoradora Denise Vilela. (foto: Daniel Mansur/Divulgação)
Jomar Bragança/Divulgação
3º Lugar - Neste Jardim da Piscina da Casa Cor 2013, a arquiteta Anaíne Pitchon inspirou-se no paisagismo dos anos 1950 e em Niemeyer para dar cara nova à varanda, aos jardins de entrada e piscina da casa. A cor púrpura das plantas está refletida nos ladrilhos da varanda e na mobília do deck. (foto: Jomar Bragança/Divulgação)
 
 
Casa
 
Jomar Bragança/Divulgação
1º Lugar - Projeto da arquiteta Eduarda Corrêa, a Casa do Morro possui grandes fachadas envidraçadas que dão vistas às montanhas. %u201CO aproveitamento máximo da paisagem local foi destaque no projeto%u201D, afirma Eduarda. A casa dispõe de sala de jogos, sala de cinema com isolamento acústico e adega subterrânea. Já na área de lazer externa, piscina com teto retrátio, spa, sala de massagens, sauna e vestiários. A escolha de materias naturais prevaleceu na estrutura do telhado, com uso de eucalipto de reflorestamento, e bambu beneficiado para revestimento no forro do spa e na área da piscina. (foto: Jomar Bragança/Divulgação)
Jomar Bragança/Divulgação
2º Lugar - O arquiteto David Guerra criou um espaço que privilegiasse o contato com a natureza. Nesta Casa da Mata, de quase 500 m2, o ponto central foi a cozinha, no entorno da qual se organizam salas de estar, jantar, varandas, lavabo, piscina e sauna. (foto: Jomar Bragança/Divulgação)
Daniel Mansur/divulgação
3º Lugar - Nesta Casa do Condomínio Vila Alpina, em Nova Lima, a designer de interiores Nara Cunha procurou fazer um mix de estilos, combinando móveis e objetos clássicos com peças de design atual, sem perder de vista a unidade e harmonia do todo. (foto: Daniel Mansur/divulgação)
 

Últimas notícias

Comentários